Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Confira mais um capítulo da novela Hospital Municipal de R. do Jacuípe

A novela sobre o projeto que pretende realizar concessão de uso do Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe por um período de vinte anos, teve mais um capítulo na noite desta terça-feira, 06, quando a Igreja Católica convocou representantes da Gestão Municipal, Sindicatos, Câmara de vereadores, Movimentos Sociais e a comunidade em geral, para debater sobre o projeto do executivo enviado para ao legislativo.
O Salão Paroquial ficou pequeno para a grande quantidade de pessoas interessadas e ansiosas pelo debate que aconteceu de forma tranquila e democrática. O vereador Lucas Wiliam chamou atenção para o termo contido no projeto que trata de “Concessão” que para o vereador abre brechas para a empresa cobrar dos usuários pelos serviços de saúde oferecidos.

Ainda segundo o vereador, o projeto não deveria ter sido enviado para a Câmara com pedido de urgência, e sim ter feito um debate mais esclarecedor com a sociedade sobre o assunto. Por fim, Lucas utilizou uma metáfora e disse que mesmo o projeto sendo aprovado com as modificações propostas através das emendas, que é preciso “utilizar um cinto de segurança” e torcer para que seja uma viagem segura.
O Monsenhor Ionilton Lisboa fez a mediação do debate, e segundo ele a igreja foi provocada e não poderia ficar de fora desse momento tão importante. “Algumas pessoas nos procuraram e pedindo que pudéssemos convocar esta reunião para conhecermos de perto esse projeto polêmico, foi aí que conclamamos a sociedade a participar”, ressalta.  Ainda segundo o monsenhor, a opinião da igreja é que se o projeto oferecer melhorias reais para a saúde da população terá total apoio da comunidade religiosa, mas se for pra continuar com as mesmas especialidade e sem ampliação dos serviços médicos que é melhor continuar sendo gerido pela Fundação de Saúde – FUSAS.

O debate sobre o projeto se intensifica ainda mais, está previsto para acontecer nesta quinta-feira, 08, uma manifestação na Praça da Matriz de pessoas que são contra a concessão da unidade de saúde. No mesmo dia acontece a sessão da Câmara de Vereadores, onde o principal assunto será o polêmico projeto que tem dividido opiniões dos edis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.