Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Após demissão, operário da Bahia passa a fabricar móveis feitos de pneus; trabalho ajudou a controlar aedes aegypti na região

Foto: Reprodução/ TV Bahia
Após ser demitido há dois anos, um operário da construção civil de Medeiros Neto, cidade que fica no sul da Bahia, passou a catar pneus e transformá-los em móveis. A ideia deu tão certo, que Wanderlei Neres atualmente vive da nova profissão de designer de pneus. 

Além disso, o trabalho obteve um resultado que não estava nos planos dele: segundo um agente comunitário de saúde da região, no último verão, por exemplo, nenhum vizinho pegou dengue, zika ou chikungunia. Wanderlei contou que, sem trabalho e sem dinheiro, foi na internet que ele encontrou a solução para o problema dele. 

“De cara eu já encontrei esse trabalho com pneu. E eu gostei, porque o pneu tem facilidade em você trabalhar outras formas de materiais, modelos diferentes, criar”, contou. Depois de aprender a montar uma peça, Wanderlei começou a fazer as próprias adaptações para fabricar as poltronas e mesinhas. Além dos pneus de carro e moto, parafusos, esmalte sintético e verniz, ele usa sisal e eucalipto tratado. Um vizinho do ex-operário, proprietário de uma área onde Wanderlei deixa os móveis para secar, aprova o trabalho. “Uma arte boa que ele arrumou, e Deus ajude ele que vá em frente”, diz Gedeon Souza.

Wanderlei diz que usa o dinheiro com a vendas dos móveis para pagar as contas e repor os materiais que precisa para a montagem. Além do lucro, Wanderlei também acaba ajudando a natureza. “Está tirando pneu, que além de causar inúmeros danos ao meio-ambiente, também serve de criadouros de mosquitos, como o aedes aegypti”, afirma o agente comunitário de saúde Dieci Santos.
Do Portal NS/Fonte: G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.