Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Corpo do repentista Passarinho é sepultado em Coité

Passarinho tinha 60 anos e morreu no fim da manhã de quarta-feira (22) no Hospital Roberto Santos, em Salvador vítima de complicações no pulmão, estômago e diabetes.
Foi sepultado no fim da manhã desta quinta-feira, 23, no Cemitério Recanto da Saudade, em Conceição do Coité, o corpo do repentista Idelfonso Barreto dos Santos, que ficou conhecido no meio artístico e cultural por Passarinho que fez dupla por mais de quarenta anos com seu irmão Marcos Barreto dos Santos, o “Miudinho.

O velório aconteceu na residência da família na região do Povoado de Lajinha, distante cerca de 5 km da sede do município de Conceição do Coité, onde reuniu lideranças politicas, da música, da cultura e de rádio, setores que Passarinho deixou sua marca.
Miudinho recebeu Junior do Max | Foto: Raimundo Mascarenhas
Miudinho bastante desolado disse que é uma lacuna difícil de ser preenchida, pois, esteve ao lado do irmão desde a metade dos anos 1970 quando acompanhando seu pai Canarinho, mestre do repente, [ele que faleceu há um ano e três meses], quando aprenderam a arte. Miudinho disse ao CN que teve muitos momentos de tristeza ao lado do irmão, mas o pior foi quando a equipe médica do Hospital Roberto Santos lhe chamou para dizer que ele havia falecido.

Marcos também falou de alegria, de realização ao lado do irmão. Segundo ele a dupla Passarinho e Miudinho da Lajinha se tornou muito conhecida em nível de Bahia e se apresentou na maioria dos municípios, com destaque nas convenções partidárias municipais e estaduais, tocando inclusive para políticos famosos como Fernando Henrique, sua esposa Ruth Cardoso, Fernando Collor, Antônio Carlos Magalhães, além de centenas de candidatos que se tornaram prefeito em diversos municípios, a exemplo de Junior do Max, em Santaluz, que conheceu apenas como empresário e que depois ingressou na política.
Um dos seis Cd’s de Miudinho e Passarinho
Junior do Max depois de dirigir dois mandatos seguidos até 2012, apoiou dois candidatos e venceram, atualmente é secretário de Administração, fez questão de se despedir de Passarinho e abraçar Miudinho e demais familiares. Ele lembrou que conheceu a dupla no ano 1990 quando esteve no seu Supermercado para fazer sorteio de fim de ano que é uma tradição.

Junior não escondeu a importância da dupla na história de vida empresarial dele que já dura 26 anos. “Nós construímos uma relação extraprofissional. Uma relação de amizade, de respeito e é com muito pesar que a gente vem aqui hoje para se despedir dessa figura ilustre, folclórica que é Passarinho, de Coité, mas com seu grande talento deixou de ser de Coité e região do sisal para serem artistas da Bahia”, afirmou Junior.
Noé conviveu de perto com Passarinho | Foto: Raimundo Mascarenhas
Entre os políticos, além de Junior do Max, marcou presença também a vereadora Leninha de Valente, vereador Marcão de São Domingos, Sandro da Vargem presidente da Câmara de Retirolândia e do mesmo município o vice-prefeito Noé Silvestre Carneiro (PCdoB). Vereadores conterrâneos de Passarinho estavam Nego Jai, Elizane, Lindo de Neusa, Cezar do Hospital e Pedrinho da Sambaiba.

O Calila entrevistou também Noé, ele que sabe contar como poucos a vida de Passarinho como retirolandense, já que Passarinho morou muitos anos na Giboia, como sindicalista já que a dupla Miudinho e Passarinho se apresentou em muitas atividades do Sindicato o qual Noé foi presidente e fundador e agora como vice-prefeito. "A gente lamenta a perda, pois, duas datas importantes que o Sindicato comemora, o primeiro de maio e dia da mulher e ele juntamente com Miudinho são figuras certas para animar nossa festa.Sei que ele cumpria tudo isso em toda região. Fará muita falta e espero que Deus descanse ele num lugar tranquilo, pelo trabalho que fez em prol da cultura da nossa região”, disse Noé.

O caixão chegou ao cemitério Recanto da Saudade praticamente 24h depois da morte de Passarinho em Salvador.
Caixão desceu a sepultura às 11h45 | Foto: Raimundo Mascarenhas
Repentista Bem – ti – vi | Foto: Raimundo Mascarenhas
A reportagem não podia ser finalizada sem a presença de um artista popular como era Passarinho. Encontramos Ireno Bispo Santiago, popularmente conhecido por Bem-te-vi que faz repente praticamente desde a mesma época que Passarinho. Ele recitou um verso de despedida do amigo que diz assim: "Pra meu amigo Idelfonso, conhecido Passarinho, que deixou muita alegria ao lado de Miudinho, e agora descansa em paz ao lado de Canarinho".

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.