Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Executivo investigado em escândalo da Fifa é assassinado no México

No último domingo (19/11) o vice-presidente da emissora mexicana Televisa, Adolfo Lagos, foi assassinado, na Cidade do México, por um grupo de pessoas armadas. A informação foi confirmada pelo perfil corporativo da empresa de telecomunicações no Twitter.
De acordo com a Veja, um comunicado foi divulgado pela Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do México, afirmando que Lagos foi morto ao andar de bicicleta na rodovia Tulancingo-Pirámides. De acordo com testemunhas, dois homens não identificados saíram de um matagal e abordaram o empresário de 69 anos, que estava acompanhado de uma escolta, para assaltá-lo. Ao ser baleado, Lagos foi socorrido pelo segurança, mas morreu em um hospital da cidade de Coacalco.

O vice-presidente estava sob investigação após a Televisa e outras emissoras, como a Rede Globo, terem sido acusadas pelo argentino Alejandro Burzaco de pagamento de propina à Fifa para ter direitos de transmissão de partidas. Na última semana, Jorge Delhon, um advogado também envolvido no escândalo e suspeito de corrupção morreu na Argentina, após ter supostamente se jogado na frente de um trem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.