Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Por intermédio do Deputado Gika Lopes comitiva de Ichu participa de Audiência na Secretaria de Saúde do Estado

Buscando encontrar soluções para os diversos problemas existentes na área da saúde no município de Ichu, em especial no Hospital Municipal Sagrado Coração de Jesus, uma comitiva composta pelo Prefeito Carlos Santiago, vereadores Beto Santiago, Egberto, Rege do Formigueiro, vereadora Celidalva, Secretária de Saúde Nailana Araujo, bem como Nailton Araujo e André Luiz esteve participando nesta terça-feira, 21, de uma audiência na Secretaria da Saúde do Estado da Bahia - SESAB em Salvador.
A referida audiência foi possibilitada pelo Deputado Estadual Gika Lopes (PT) para uma conversa com o Secretário Estadual da Saúde Fábio Vilas-Boas para que o mesmo pudesse ouvir as demandas do município, no que diz respeito a disponibilização de recursos para custear as despesas do Hospital, realização de exames, e outros problemas que têm deixado a população preocupada e em alerta.

Segundo o prefeito, atualmente a maior demanda do município é a saúde, estamos com grande dificuldade em atender algumas necessidades da população, por isso, viemos pedir o apoio do governo estadual. Precisamos de liberação de recursos para conseguir garantir um atendimento de qualidade ao povo de Ichu”, relata Carlos Santiago.
A comitiva de Ichu foi recebida pelo Secretário Fábio Vilas-Boas
O Secretário destacou que não existem recursos para manutenção do hospital, e que a alternativa viável para os municípios do porte de Ichu é transformar a unidade hospitalar em uma Maternidade com Sala de Estabilização o que diminuiria os custos.
Segundo Vilas-Boas, a Unidade Básica de Saúde - UBS Helena Santiago (Sede) poderia ser transferida para o Hospital e teria um médico do Posto durante o dia, e a noite ficaria outro plantonista bancado pela prefeitura, porém, não haveria internamentos, ou seja, o paciente receberia os primeiros atendimentos e em caso de necessidade seria feita a transferência para municípios próximos a exemplo de Coité e Serrinha caso acontecessem a compactação.

Fábio Vilas-Boa sinalizou a liberação de equipamentos para montagem de uma sala de estabilização, novas ambulâncias, que podem ser liberadas via emendas dos parlamentares baianos, e deixou a disposição do município, uma equipe técnica da Sesab para debaterem estratégias que ofereçam eficiência na prestação dos serviços de saúde.

O chefe da pasta do estado, relatou que sua sugestão é formar consórcios entre os municípios para baratear as despesas na área da saúde. Ele entregou ao Prefeito e a Secretária Municipal de Saúde cópias de um folheto com os equipamentos que podem ser disponibilizados para Ichu no objetivo de criar a sala de estabilização.

Tal informação passada por Fábio Vilas-Boas não agradou aos presentes, já que todos esperavam uma resposta positiva do Estado no que diz respeito a colaboração no custeio, pois  para o município sozinho manter o funcionamento do hospital se torna praticamente impossível. 
O ex-prefeito de Serrinha e agora chefe da Assessoria do Governador Rui Costa que também compareceu na audiência, disse reconhecer o sofrimento de Ichu, no entanto, entendia que a proposta feita pelo Secretário em deixar de funcionar como hospital e passar a atuar com uma Sala de Estabilização equipada seria bem melhor. 
Osni Cardoso lembrou que em sua gestão o Hospital Estadual de Serrinha (Municipalizado), sempre esteve à disposição de Ichu e outros municípios da região.

Articulador da reunião, o deputado Gika Lopes informou que, esse replanejamento fará a diferença no atendimento à população,estamos dispostos em contribuir com a elaboração um planejamento estratégico que amenize os problemas enfrentados pelo povo de Ichu, por meio de emenda disponibilizada pelo governador, Rui Costa, entreguei esse ano uma ambulância ao município, que vem ajudando nos casos de urgência e emergência”, ressalta o deputado Gika Lopes.
Confira a entrevista do Deputado Gika Lopes
 
A Secretária de Saúde de Ichu, Nailana Araujo, afirmou ao AL Notícias que esperava sair com uma resposta positiva, mas que não perde a esperança de que tudo vai se acertar.

Nailana destacou que não está faltando esforços de toda a sua equipe e da gestão para que uma saúde de qualidade seja implantada no município mesmo sabendo das dificuldades.
Ela ressaltou que irá sentar com a equipe para analisar calmamente o que foi discutido na audiência, embora saiba que jamais é a sua ideia, nem do prefeito fechar o hospital, uma saída terá de ser encontrada.

Celidalva, Egberto, Beto Santiago e Rege expuseram a situação da saúde não só em Ichu, mas em todo o estado quando há grande dificuldade para realização de exames, cirurgias de média e alta complexidade, e o pior o dilema e que é a regulação.

Os edis que fizeram parte da comitiva disseram que não medirão esforços para juntos com os colegas lutarem por uma saúde cada vez melhor. Eles acreditam piamente que o Prefeito Carlos Santiago não vai fechar o hospital, mesmo sabendo das dificuldades  e terem ouvido do próprio Secretário de Saúde do Estado que é essa é a alternativa mais viável.

Redação do AL Notícias - (Alguns trechos - ASCOM Gika Lopes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.