CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Ichu: Sem receber salários há 4 meses terceirizados da saúde se reunem com prefeito e representantes da cooperativa

Dezenas de trabalhadores terceirizados da Saúde Pública municipal de Ichu que estão com salários atrasados desde o mês de setembro do ano passado se reuniram na sede do SINTRAPI nesta terça-feira, 16, com a Cooperativa de Trabalho "Cidade Cooperativa" representada por Adailson Purificação de Santana e Gleidson Moreira Barreto, além da Prefeitura Municipal de Ichu, na pessoa do Prefeito Carlos Santiago de Almeida, do Secretario de Administração Gustavo Reuter, da Secretária de Saúde Nailana Araújo e da vereadora Celidalva Soares de Oliveira representante da Câmara de vereadores no intuito de negociar os 04 meses de salários atrasados destes servidores.
A negociação foi iniciada por Adailton Conceição Carneiro que após saudar os representantes do Executivo Municipal, do Legislativo e da Cooperativa de Trabalho "Cidade Cooperativa", fez uma breve contextualização do momento de sofrimento vivido pelos trabalhadores terceirizados da área de Saúde do Município e que a situação só se agravou entre outubro de 2017, quando aconteceu uma reunião de negociação na sede da Prefeitura e até hoje, segundo o líder sindical até aquele momento a categoria acumulava em torno de três meses de salários atrasados, situação que se iniciou em julho de 2017. Ele expôs ainda que ao escutar a categoria momentos antes tomou conhecimento de que hoje encontra-se com quatro meses de salários atrasados até 31 de dezembro de 2017 e externou a sua indignação diante da situação de descumprimento legal.
Diante do que foi expostos e esclarecido pelo representante dos trabalhadores, o prefeito Carlos Santiago confirmou a existência da dívida com os servidores e afirmou que será feita uma análise da situação de cada trabalhador e adiantou que já foi feito um acordo com a Cooperativa para que os próximos recursos transferidos à referida Cooperativa sejam primeiro destinados ao pagamento dos vencimentos líquidos dos mesmos e que serão depositados até amanhã o valor de R$ 171 mil reais (cento e setenta e um mil reais), o equivalente a um mês e meio dos vencimentos salariais destes de forma coletiva.
Segundo o senhor Adailson, o vínculo da Cooperativa com o município de Ichu foi até o mês de dezembro de 2017 mediante um aditivo e que eles dependem dos repasses do município para poder efetuar os referidos pagamentos. O senhor Adailton, delegado pelos trabalhadores, cobrou o pagamento dos salários em atraso até o dia 30 do mês em curso. A Cooperativa e a Prefeitura alegam a impossibilidade; em seguida o senhor Adailton apresentou uma nova proposta consensuada antes com o celetivo dos trabalhadores em estabelecer até o dia 20 de fevereiro de 2018 em duas parcelas, a primeira até o dia 30 de janeiro e a outra até o dia 20 de fevereiro de 2018.
A Cooperativa no entanto, afirmou que não pode garantir prazo, pois depende exclusivamente dos repasses do município, só garante que os próximos recursos repassados pela Prefeitura serão 100% destinados ao pagamento do valor líquido dos salários. Diante disso, após algumas intervenções, inclusive da vereadora Celidalva que propôs ao Prefeito tomar uma atitude, ela sugeriu cortar os salários dos cargos maiores a exemplo dos secretários se for o caso para não deixar de pagar os cargos de salários menores. 
O secretário Gustavo Reuter afirmou que até a próxima segunda-feira (22) terá como ter uma noção do montante da dívida com cada trabalhador e propôs a realização de uma outra reunião com uma comissão para ver a possibilidade de estabelecer um prazo para quitar a dívida atrasada.
Ficou encaminhado que até quinta-feira, dia 18/01/2018, será pago aos trabalhadores pelo menos o valor equivalente a um mês de salário, com base no valor que está sendo transferido para a Cooperativa ainda hoje. Ficou acordado também que haverá uma reunião no dia 30 de janeiro de 2018, 9:00 h, para a apresentação de uma planilha com o valor devido a cada trabalhador e se acordará um prazo para a quitação dos demais salários em atraso.
Os trabalhadores se reunirão para avaliar esta negociação e definir uma comissão para a reunião do dia 30/01, na sede da Prefeitura.
Sobre as novas contratações, o Prefeito garantiu que fará de forma direta, ou seja, sem intermédio de cooperativa e de acordo com ele, será feito gradativamente e dentro das possibilidades de cumprimento para evitar que situações como esta volte a se repetir.

CONFIRA AS ENTREVISTAS:
Prefeito Carlos Santiago fala do atraso dos salários e da falta de médico no hospital

Secretária Nailana fala da problemática geral relacionado a saúde do município.

Presidente do Sindicato e do conselho da saúde falando sobre o atraso dos salários dos terceirizados, dentre outras problemática da saúde. 
Redação Ichu Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.