CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Acusado de assassinato de ‘Celival do Bar Dose Dupla’ é preso no estado de São Paulo

A justiça paulista prendeu na manhã desta quarta-feira (18) Jorge de Jesus Oliveira, também conhecido como Jorginho, acusado de ter assassinado o comerciante José Celival Almeida Silva (mais conhecido por Celival do Bar).
O crime aconteceu dentro do estabelecimento comercial da vítima, que funcionava à época às margens da BA-120 (saída de Riachão do Jacuipe para Conceição do Coité), com vários disparos de arma de fogo, na noite do dia 30 de março.

Logo após praticar o crime por motivos fúteis, sem relevância alguma e tampouco reação da vítima, o acusado fugiu ao lado de um comparsa que o aguardava com uma motocicleta já funcionando. Era noite de sexta-feira da paixão. O crime chocou e deixou a população jacuipense revoltada pela forma cruel como o atirador agiu.
Um dia após o crime, a Polícia Militar fez diligência no Bairro da Bela Vista, depois de obter informações de populares e acesso às imagens da câmera instalada no bar, e chegar à conclusão de que as provas eram suficientes quanto a materialidade do delito, mas a ação foi frustrada, com o criminoso fugindo sem deixar pistas.

Jorge de Jesus Oliveira tinha sentença no estado de São Paulo e prisão decretada em 01 de abril de 2018, pelo juiz Doutor Fábio Falcão Santos. Ele será recambiado de Santos (SP) para Riachão do Jacuípe, onde responderá judicialmente pelo crime e poderá punido com 12 a 30 anos de prisão. A depender do seu julgamento que terá testemunhas sem necessidade de estarem frente a frente com o criminoso.

Extraída do Interior Da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.