CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Bahia perde para o Vasco, mas avança para as quartas de final da Copa do Brasil

O Bahia foi ao Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (16), com o intuito de administrar a boa vantagem de 3 a 0 conquistada no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O Tricolor conseguiu segurar o ímpeto do ataque do Vasco, perdendo a partida por 2 a 0, o suficiente para deixar as terras cariocas classificado para as quartas de final.
Yago Pikachu, de pênalti, e Andrey marcaram os tentos do duelo disputado no estádio de São Januário.

Classificado com o placar agregado de 3 a 2, o Bahia vai enfrentar o Palmeiras no confronto da próxima fase do torneio. O primeiro duelo acontece em Salvador, enquanto a volta será em São Paulo. As datas ainda serão definidas pela CBF.

Sem tempo para visitar a família em casa e comemorar a classificação, o Bahia segue viagem para Chapecó, onde encara a Chapecoense, nesta quinta-feira (19), às 19h30, na Arena Condá. Desta vez o compromisso será pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o 17° colocado com 12 pontos na tabela.

O JOGO - Precisando do resultado, o Vasco tomou a iniciativa da partida. Tocando a bola, a equipe carioca buscava o ataque. Em situação completamente contrária, o Bahia procurava dificultar as ações ofensivas, administrar o resultado e o tempo para sair do Rio de Janeiro classificado para as quartas de final. Logo no terceiro minuto, o goleiro Anderson se chocou com Yago Pikachu e caiu no chão pedindo atendimento médico. O Tricolor se segurava na defesa, afastando o perigo e acionando Zé Rafael na velocidade, na tentativa de pegar o setor defensivo adversário desprevenido.

O primeiro cartão amarelo da partida saiu aos 23 minutos para o meio-campista Vinícius por retardar a cobrança de escanteio. O técnico Jorginho, do Vasco, foi obrigado a fazer uma alteração. Ele tirou Rafael Galhardo que se machucou numa disputa de bola com Zé Rafael.

Vasco abre o placar
Aos 31 minutos, o árbitro assinalou um pênalti a favor do Vasco. Depois do avanço de Ramon, Nino Paraíba conseguiu fazer um bom desarme. No entanto, Andrés Ríos ficou com a sobra e fez o corte em Nino, que deixou o pé e derrubou o atacante da equipe carioca. Yago Pikachu pegou a bola e deslocou Anderson, batendo no canto direito da meta para inaugurar o placar aos 33. Vasco 1 a 0 Bahia.

Com o gol e correndo contra o tempo, o Vasco se animou mais e continuou buscando o ataque. Já o Tricolor, manteve a sua estratégia de se defender, brigar por todas as bolas e explorar os contra-ataques. Jorginho foi obrigado a fazer outra substituição por questão física. Ramon sentiu dores e deu lugar a Henrique.

Segundo tempo
Os dois times retornaram do vestiário sem nenhuma alteração. Assim que o juiz apitou para o reinício do jogo, Kelvin puxou o ataque, fez boa jogada, mas foi desarmado pela defesa do Tricolor, que afastou o perigo. A resposta do Bahia veio aos quatro minutos. O goleiro Anderson fez o lançamento longo para Edigar Junio. O atacante da equipe baiana conseguiu tomar a frente da marcação, mas acabou sendo desequilibrado por Breno, com o braço direito, mas o juiz não assinala a falta. No lance, o defensor vascaíno ainda dá um pisão em Edigar, que recebe atendimento médico em seguida.

O Bahia seguiu se defendendo, mas sem conseguir criar jogadas de ataque. Precisando do resultado, o Vasco continuou em cima, buscando mais três gols para reverter a vantagem baiana. Aos 15, Nino Paraíba sentiu e pediu para ser substituído. Sem um substituto da posição no banco e reservas, o técnico Enderson Moreira improvisou o jovem volante Flávio em campo. No minuto seguinte, o Esquadrão conseguiu construir uma boa trama pela direita. No entanto, ao receber passe já dentro da grande área, Edigar Junio chutou muito fraco para a tranquila defesa de Martin Silva.

Vasco faz o segundo
Na cobrança de falta pelo lado direito do ataque, Yago Pikachu levantou a bola no segundo pau. Andrey subiu sozinho e cabeceou, Anderson ainda chegou a fazer a defesa, mas a bola bateu na trave e entrou aos 19 minutos. Vasco 2 a 0 Bahia.

Por pouco o Vasco não marcou o terceiro logo em seguida. A defesa tricolor cortou para trás uma bola levantada na área, ela enganou Anderson. Andrey se esticou, mas não conseguiu tocar para o gol vazio. Aos 21, Yago Pikachu sentiu dores na coxa, jogou a bola para fora e caiu no gramado para receber atendimento.

Aos 25, o lateral Léo recebeu um cartão amarelo de graça. Ele tabelou com Mena, recebeu na frente e na disputa de bola com o marcador acabou caindo. Ao reclamar com o árbitro, recebeu a advertência. Três minutos depois, aconteceu uma invasão insuitada. Um rato foi flagrado correndo pelo campo.

Aos 32, Elton fez belo passe para Edigar Junio, que colocou velocidade e ia saindo de cara para o goleiro Martin Silva. Mas o bandeira assinalou um impedimento inexistente. No minuto seguinte, o Tricolor chegou bem no ataque. Desta vez, Elton foi quem recebeu bom passe. No entanto, o volante preferiu chutar para o gol, mas finalizou mal e Martin Silva não teve trabalho para fazer a defesa.

A resposta do Vasco veio em seguida. Andrés Rios recebeu e na hora de fazer o giro recebeu falta de Tiago na entrada da grande área. Na cobrança, Pikachu carimbou a barreira.

Mais um vez o Vasco quase marca o terceiro. Bola levantada na área do Tricolor, Andres Rios bateu de primeira, mas errou na finalização e a bola saiu pelo lado direito da trave de Anderson.

O Bahia ainda teve um chance com uma cobrança de falta de Régis. Mas o meio-campista não bateu bem. Depois, o ataque Tricolor ainda desperdiçou outra oportunidade. Enquanto isso, o Vasco ainda foi para cima do Tricolor, mas a defesa baiana afastou o perigo.

Aos 48 minutos, Andres Rios recebeu o cartão vermelho direto. Na disputa de bola aérea na intermediária, o argentino deixou o braço no rosto do zagueiro Tiago. No minuto seguinte, o juiz expulsou o lateral Léo. Na disputa de bola entre Edson e Yago Pikachu. O volante tricolor fez o desarme, junto com o lateral. o juiz expulsou Léo e mostrou o amarelo para Edson.

FICHA TÉCNICA Vasco 2 x 0 Bahia
Copa do Brasil - Oitavas de final (2º jogo)

Local: São Januário, no Rio de Janeiro  
Data: 16/07/2018 (segunda-feira)  
Horário: 20h  
Árbitro: Rafael Traci (PR)  
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)
Cartões amarelos: Desábato, Ricardo (Vasco) / Vinicius, Edigar Junio, Lucas Fonseca, Zé Rafael, Léo, Edson (Bahia)
Cartões vermelhos: Andres Rios (Vasco) / Léo (Bahia)
Gols: Yago Pikachu, Andrey (Vasco)

Vasco: Martin Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Breno, Ricardo e Ramon (Henrique); Desábato, Andrey, Wagner (Thiago Galhardo), Yago Pikachu e Giovanni Augusto; Andrés Rios. Técnico: Jorginho.

Bahia: Anderson; Nino Paraíba (Flávio), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton (Edson), Mena, Vinicius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira.

Por Leandro Aragão / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.