CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Para ter voos diários população de Feira precisa usar o aeroporto da cidade, diz diretor

Uma parceria foi criada com a Faculdade Anísio Teixeira (FAT) na tarde desta quarta.
Uma reunião foi realizada no final da tarde desta quarta-feira (19) para tratar sobre o aeroporto João Durval Carneiro em Feira de Santana. A reunião foi realizada na Faculdade Anísio Teixeira (FAT), que firmou uma parceria junto aos grupos Proativa, Expertise e o atual grupo que já estava operando o aeroporto de Feira de Santana.

De acordo com o diretor geral do aeroporto, José Cassiano Ferreira Filho, a ideia é fomentar o aeroporto. Ele anunciou que na próxima sexta-feira (21) o aeroporto já contará com novos voos através da Azul Linhas Áreas.
 
“A azul está iniciando a nova temporada de voos extras. Os dois voos extras serão para São Paulo e vão até o final de fevereiro. O voo do sábado vai continuar, somando três voos semanais. Os voos saem de Campinas para Feira, Feira para Salvador e Salvador para Campinas. Importante ressaltar que existem conexões para o Brasil inteiro”, destacou. 

Voos diários 
Segundo José Cassiano Ferreira Filho, o objetivo principal é que o aeroporto de Feira de Santana disponibilize voos diários. Ele afirma que para que isso ocorra é preciso que a população de Feira e os grupos empresariais passem a utilizar esses voos e lotar os aeronaves, mostrando que Feira é uma cidade pujante.

Ele informou ainda que o grupo está fechando uma negociação com uma nova companhia aérea para fazer base de alguns voos saindo de Feira de Santana, com o intuito de possibilitar voos diários. “Já está bem avançado, mas ainda não posso citar nomes. Estamos buscando esses voos diários para Feira de Santana”, disso. 

Ampliação da pista 
De acordo com o diretor geral do aeroporto, existe o projeto de ampliação e alargamento da pista, além da construção de um novo terminal, que ainda está sendo pensado em uma área provisória, para posteriormente, quando estiver segmentado, se pensar em uma estrutura melhor. 

“Estamos com expectativa que esse aeroporto a partir desse momento vire a história. A gente quer, no máximo, em 12 meses está inaugurando a parte da pista para também receber voos de carga. Queremos fazer um aeroporto da altura que a cidade merece. Estamos trabalhando nesse projeto”, destacou.
Parceria com a FAT 
O diretor da Faculdade Anísio Teixeira, Antônio Valter de Moraes Lima, falou o que motivou o interesse em fazer uma parceria com os grupos que gerem o aeroporto. “Tive a curiosidade de saber porque o aeroporto de Feira não funciona e procurei saber quais as dificuldades que passa. Conheci o Cassiano e através desse parceiro é que estamos com essa concessão de 25 anos. Estamos cobrando do estado que tem um decreto de desapropriação de uma área grande para que a gente possa instalar essas futuras instalações. É o desenvolvimento de Feira, pois 3 milhões de pessoas não vão mais precisar ir para Salvador”, destacou. 

Leia também



Daniela Cardoso com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.