CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 5 de maio de 2020

Após virar alvo, Moro passa a se incomodar com fake news e desabafa em rede social

Bastaram alguns dias fora do governo Bolsonaro para o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, descobrir a fábrica de fake news contra desafetos do presidente e começar a se incomodar com isso.
Alvo de inúmeras falsas notícias disseminadas nas redes sociais desde que deixou o governo, Moro utilizou o Twitter para citar a última fake news contra ele.

A informação falsa indica que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Ayres Brito, teria publicado carta pública acusando o ex-juiz de ser infiltrado no governo e de conspiração.

"Continuam as fake news contra mim, abaixo uma feita utilizando falsamente o nome do ministro Ayres Britto para veicular louvores ao presidente e críticas a mim. Será que abandonamos toda e qualquer dignidade?", questionou Sergio Moro nesta terça-feira (05).

O avanço de autoridades contra a fábrica de fake news no Brasil é mais antiga. As duas maiores frentes estão em Brasília: no Congresso, o senador Angelo Coronel (PSD) comanda uma CPMI sobre o tema, colegiado no qual o próprio ex-juiz da Lava Jato deve participar, e no STF corre um inquérito também para apurar a disseminação de notícias falsas. 

Por Breno Cunha / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.