CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Centrão pode se aliar a ala bolsonarista para conter CPMI das fake news

O pedido de aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para que o Supremo Tribunal Federal (STF) determine a deposição do senador Angelo Coronel (PSD) da presidência da CPMI das fake news (veja aqui) escolheu hora e local.
Na avaliação de fontes de Brasília, a recente aproximação do centrão com o  Planalto dará condições para que o grupo a favor do presidente forme maioria na eventual escolha de um novo presidente da comissão, caso a Justiça determine o afastamento de Coronel. 

A ideia é que o centrão escolha um novo presidente que aja de forma mais amena com o presidente e seus filhos. O novo presidente também escolheria uma nova relatoria, hoje realizada pela deputada federal Lídice da Mata (PSB). 

Os deputados federais aliados de Bolsonaro entraram na Justiça nesta semana alegando que o senador pela Bahia Angelo Coronel está agindo de maneira tendenciosa como presidente, desvirtuado a natureza dos trabalhos. 

O pedido surgiu após a comissão apontar que o gabinete de Eduardo Bolsonaro ter sido usado para movimentar uma conta que promovia ataques virtuais (veja aqui). Outro filho do presidente, Carlos Bolsonaro, também pode ser convocado para a comissão para prestar esclarecimentos sobre o chamado gabinete do ódio. 

 Por Lucas Arraz / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.