Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Hospital Português Unidade de Conceição do Coité vai atender cirurgias ortopédicas

Os maiores motivos de transferências ocorrem com pessoas que sofrem fraturas nos membros superiores e inferiores.
O deputado Alex da Piatã (PSD), presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, anunciou em suas redes sociais que o Hospital Português de Conceição do Coité atenderá serviços ambulatorial e hospitalar de média complexidade, o que engloba os casos de cirurgia ortopédicas.

A conquista, segundo o parlamentar estadual, só foi possível após convênio firmado entre a secretaria da Saúde do estado da Bahia com o Hospital Português. A publicação foi feita na edição desta sexta-feira (3) do Diário Oficial do Estado, cujo valor do contrato aportará no HP um total de R$ 1.510.576,86.

Para o deputado, transferir pessoas acidentadas
por uma simples fratura de braço ou perna
não irá mais ser necessário
A medida, segundo o parlamentar foi resultado do compromisso do político firmado desde a campanha eleitoral de 2016, ao lado do prefeito Assis (PT) e da vice Val (PSD), quando defendia a implantação da especialidade na unidade hospitalar coiteense.

“Isso é uma conquista não só para o povo de Coité, mas de toda região, pois o HP coiteense se tornou referência. Acidentes que necessitam de atendimentos ortopédicos na cidade aumentaram bastante nos últimos tempos com o também crescimento daquilo que considero uma epidemia: acidentes de motos. Por não possuir a especialidade, tínhamos que transferir, muito em breve não será mais necessário”, escreveu o deputado na publicação.

Para o pessedista, esse é mais um gesto da seriedade da gestão municipal de Assis e Val. “Sempre disse ao povo de Coité que sou um parceiro do prefeito Assis e da vice Val. Não cansei de bater na porta do secretário da Saúde, dr. Fábio, para nos ajudar nessa demanda. Com o aval do governador Rui, isso se torna uma conquista”, afirmou quando também agradeceu ao empenho de toda equipe do HP e de doutor Enéas Araújo.

Alex lembrou também que a ida do Hospital Português, responsável pela absorção do Hospital Regional e o Hospital Municipal, foi o início de todo o processo de melhoria da saúde coiteense. “Fui o primeiro secretário da Saúde de Coité do governo Assis e vi como recebemos um setor extremamente decadente. Agora a Saúde coiteense, com a nossa ajuda, é sinônimo de dignidade”.

Fonte: Bahia Assessoria e Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.