Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Novas aparições de animal misterioso volta a assustar moradores em Riachão do Jacuípe

O município de Riachão do Jacuípe, no interior da Bahia, está virando notícia nacional mais uma vez. Agora não é por conta da “Mulher de branco”.
Foto: Reprodução/Ilustrativa
A “bola da vez” é um animal misterioso que vem chamando a atenção de pessoas de toda região, principalmente nas localidades de Vila Guimarães, Campo Alegre e Pedrinhas. Nestas três comunidades, pertencentes a Riachão, moradores afirmam terem vistos um felino rondando em propriedades rurais da área. O fato tem sido o assunto principal nas redes sociais.

O início
Tudo começou no fim do mês de abril, quando surgiu uma informação que um leão foi visto no distrito de Bela Vista, em Serrinha. Ainda de acordo com informações, o leão de um circo havia fugido da jaula após o caminhão que o transportava quebrar próximo a Serrinha.

Aparição e bullying
Curiosamente, a partir daí, moradores na Zona Rural de Riachão começaram a testemunhar a mesma situação: Um felino selvagem caminhando na região.
Sérgio foi o primeiro a ver o felino
O primeiro a notar a presença do estranho animal foi Antônio Sérgio, morador do povoado de Vila Guimarães. O fato aconteceu no início deste mês. Sérgio lançou um áudio no aplicativo Whatsapp contando que tinha visto uma leoa próximo de sua residência. Ele falou que temeu pelas crianças que no momento passavam para irem ao colégio. Como o fato aconteceu logo após a derrota do Vitória para o Bahia e eliminação do “Leão da Barra” pela Copa do Nordeste, muitas pessoas não acreditaram e ainda zombaram dele. Segundo Sérgio, ele foi vítima de bullying, pois colocaram sua foto no Facebook e fizeram montagens de cunho pejorativo. À equipe do Denoticia, Sérgio se mostrou triste com a repercussão. “Preferia que a leoa tivesse me devorado do que levar o nome de mentiroso”, disse ele.

Novas aparições
Depois de Sérgio contar sua versão a história ganhou novos capítulos.
Na última quinta-feira (18) à noite, a família Carneiro, residente na Fazenda Lagoa do Açougue, na região de Campo Alegre, teve momentos de muita tensão. A matriarca Rejane Inácia contou que ficou feliz com a presença do felino, pois queria fotografar e provar que o amigo Sérgio não estava mentindo. Mesmo assim temeu pela vida dos dois filhos que também avistaram o animal selvagem. “Coloquei nos grupos de Whatsapp e saí com meus filhos para certificar. Colocamos uma lanterna na direção do animal e demos conta que se tratava da leoa”, disse Rejane.
Família Carneiro: Rony, Rejane e Ricardo
Junto com Rejane estavam seus filhos Ricardo e Rony, que ratificaram a informação. O marido, conhecido como Raimundo, um outro filho de nome Inácio, além de alguns amigos, se juntaram na tentativa de encontrar a leoa. Mas sem sucesso.
Riacardo ainda conseguiu fotografar pagadas da leoa; inclusive 
comparando com o tamanho do punho de sua mão
Outro que também viu o animal foi Adailton de Oliveira, conhecido como Galego de Amado. Ele preferiu não garantir se realmente é uma leoa. Mas descreveu como sendo um animal de porte médio e comprido.
Galego de Amado
De acordo com Galego, ele foi um dos amigos recebeu o áudio de Rejane. Ele afirmou ter visto felino no caminho de casa, já que ele e a família de Rejane são vizinhos. Galego disse que sentiu medo, mas com ajuda de amigos se encorajou a procurar o animal desconhecido. Adailton temia que a criação de ovelhas, de propriedade do seu pai, fosse devorada pelo estranho animal. De acordo com informações de moradores, o tal animal teria comido algumas ovelhas pertencentes a Pedro Eurico, na região da comunidade de Pedrinhas, em Riachão do Jacuípe.

Animal estranho
A equipe do Denoticia continuou ouvindo relatos de testemunhas. A aparição mais recente do selvagem foi neste domingo (21) na Fazenda Viração, região de Vila Guimarães. Segundo o senhor Osvaldo Bispo Carneiro, proprietário da fazenda, o animal foi visto pela manhã, por volta das 05:30h. Enquanto ele “trocava a água” dos pássaros, foi surpreendido pelo que ele julga ser uma onça parda. Para Osvaldo, o que o fez discordar que seria uma leoa foi o fato de o animal passar por uma cerca de cinco fios sem quebrar o arame.

Em todos os relatos as pessoas afirmam que o animal fugiu com a presença humana e que parecia assustado.

A maioria cobra uma providência junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) – órgão responsável pela captura do animal selvagem.

Ivanélio, que é cantor e compositor da região, aproveitou o momento para compor uma música sobre o tema e divulgar nas redes sociais.

Fonte: Denotícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.