Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Uma pessoa morre em acidente com 7 pessoas da mesma família na BR-116 Norte

Todas as vítimas ocupavam o mesmo veículo.
Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas após um acidente envolvendo dois veículos, por volta das 17h desta quinta-feira (7), na BR-116 Norte, no bairro Novo Horizonte, em Feira de Santana.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) George Paim houve uma colisão frontal entre o caminhão-baú, de placa EJF-0105 (licença de Feira de Santana), e o automóvel Celta, de placa JOO-7905 (licença de Pé de Serra), com sete ocupantes, todos da mesma família.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
O condutor do Celta, Reginaldo Lima de Souza, 33 anos, morreu no local. Ficaram feridos: os irmãos Iago Rian Santos e Lívia Samille dos Santos, a mãe deles, Valdileide Santana dos Santos, além de Levi Lima dos Santos e o irmão Andrei Lima dos Santos, e a mãe deles, Valdirene dos Santos de Souza, esposa do condutor.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Não há informações sobre as idades das vítimas, mas quatro crianças estão entre os feridos. Eles foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e o Hospital Estadual da Criança (HEC).

“Foi um acidente muito grave. Um dos veículos estava com excesso de lotação, com sete ocupantes, sendo quatro crianças e três adultos. O motorista e as duas senhoras ficaram presas às ferragens. Elas estavam conscientes, apenas com escoriações, e foram para o hospital para avaliar o nível de gravidade das lesões”.
O motorista do caminhão não teve lesões
O acidente
A causa do acidente ainda não foi confirmada, mas a PRF suspeita que um dos motoristas cochilou ao volante.

“Estamos apurando. Ainda é muito cedo para dar um relatório definitivo, mas a princípio parece que um dos dois motoristas deve ter cochilado ao volante porque não há marcas de frenagem. A colisão foi com os dois veículos em movimento, não houve nenhuma redução, inclusive analisamos o disco do tacógrafo, e o caminhão não estava com velocidade excessiva. Ele estava, a princípio, em subida e havia passado por um radar a poucos metros. Então temos que fazer uma análise para verificar o que provocou de fato o acidente”, disse o inspetor ao Acorda Cidade.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar as vítimas que estavam presas às ferragens. Ainda durante entrevista ao Acorda Cidade, o PRF alertou sobre os cuidados que os motoristas devem ter ao volante para evitar acidentes.

“Eram pai, mãe, uma cunhada, filhos e sobrinhos. Sem o auxílio dos condutores, é impossível reduzir os números fatídicos do trânsito no Brasil. Quando abordamos, o condutor vem com a mera desculpa de que são apenas crianças, mas não são apenas crianças, são vidas. Vidas que neste momento poderiam ter sido ceifadas, não sabemos a gravidade do estado delas, quais as sequelas destas lesões. Mas esperamos que os que sobreviveram possam se recuperar, porque com os que morreram, não há mais o que fazer”, alertou o policial rodoviário.

O Celta seguia de Pé de Serra com destino a Feira de Santana.

Por  Andrea Trindade / Fotos e informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade
Fotos: Aldo Matos/Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.