Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 4 de março de 2018

Bahia começa atrás, vence a Juazeirense de virada e se garante na semifinal do Baiano

No último treino coletivo antes da viagem para Juazeiro, o técnico do Bahia Guto Ferreira trabalhou as cobranças de bola parada. Foi justamente em duas jogadas desse tipo, que o Bahia arrancou o triunfo contra a Juazeirense. 
O Tricolor venceu por 2 a 1 neste domingo (4), no Estádio Adauto Moraes, pela oitava rodada do Campeonato Baiano. Bruno abriu o placar para a Juazeirense. Júnior Gaúcho, contra, e Junior Brumado fizeram os gols do Tricolor.

Com os três pontos, o Esquadrão de Aço garante vaga na semifinal do Baianão, ao somar 17 pontos e subir para a segunda colocação. Já o Cancão de Fogo, caiu para a terceira posição, permanecendo com 16 pontos, dois a mais do que o Bahia de Feira, que está em quinto, fora da zona de classificação.

O próximo compromisso do classificado Tricolor será na quarta-feira (7), às 21h45, pela nona e última rodada da primeira fase do Baianão. A equipe do técnico Guto Ferreira recebe a visita o Jequié, na Arena Fonte Nova, em Salvador, para definir sua posição final na tabela da primeira fase. No mesmo dia, horário e cidade, o Cancão de Fogo tenta consolidar a classificação contra o Atlântico, no estádio de Pituaçu.

O JOGO
A primeira boa chance do jogo foi do Bahia aos seis minutos de partida. Bola na área da Juazeirense, Edigar Junio dominou e tocou para Kayke, que ficou frente a frente com Tigre. O centroavante ajeitou e bateu, mas a redonda balançou a rede do lado de fora.

Aos 13 minutos, o goleiro Tigre evitou a abertura do placar. Em cobrança de escanteio de Allione, Edigar Junio cabeceou forte e o arqueiro do Cancão de Fogo fez uma grande defesa. No contra-ataque, após nova cobrança de escanteio do Bahia que não deu em nada, Salatiel recebeu pela direita, avançou e cruzou para trás. Ninguém aproveitou e a bola passou por toda a área do Tricolor da capital. Depois, no minuto 16, os donos da casa chegaram mais uma vez com perigo. Rayllan viu Douglas adiantado e experimentou da intermediária, a bola passou perto do poste direito do camisa 1 dos visitantes. Dois minutos depois, foi a vez do Bahia em bela jogada de Edigar Junio. O atacante fez fila na entrada da grande área e bateu forte da meia-lua, mas a bola subiu demais.

Aos 25 minutos, a Juazeirense abriu o placar. Kayke errou o domínio de bola e armou o contra-ataque do Cancão de Fogo. Rayllan dominou, cortou Lucas Fonseca e entregou com açúcar para Bruno, que estava livre. Ele tocou na saída de Douglas. Juazeirense 1 a 0.

Três minutos depois de abrir o placar, a Juazeirense construiu uma boa chance. Deca fez boa jogada pela esquerda, penetrou na grande área, mas foi travado na hora do chute.

Segundo tempo
Ao contrário de Luis Antônio Zaluar que não mexeu na Juazeirense, Guto Ferreira fez duas alterações no Bahia. Ele sacou João Pedro e Kayke e colocou, respectivamente, Elton e Junior Brumado. Logo no primeiro minuto do recomeço do jogo, Junior Brumado enfiou a bola para Élber dentro da área, que tocou de calcanhar para Edigar Junio. O atacante tentou o domínio, mas Junior Gaúcho chegou cortando a jogada.

Uma garrafa foi atirada dentro de campo, no lado do gol da Juazeirense, e paralisou a partida aos sete minutos. Quatro minutos depois, Junior Brumado quase empatou a partida. Nino Paraíba cobrou o lateral e na confusão a bola sobrou para o jovem atleta do Tricolor, que chutou forte, mas o goleiro Tigre fez a defesa. A resposta dos donos da casa veio logo no minuto seguinte. Salatiel roubou a bola, avançou pelo lado direito, mas na hora de cruzar colocou muita força, facilitando o domínio do time do Bahia.

Rayllan estava infernizando a defesa do Bahia aos 27. O atacante do Cancão de Fogo fez fila e só foi parado por Gregore com falta. Na cobrança, Altemar acertou a barreira. Quatro minutos depois, Régis foi lançado por Léo Pelé, pela esquerda. O meio campista do Tricolor penetrou na grande área, mas bateu mal na bola e acabou que nem cruzou e nem chutou, mandando a redonda para fora. Aos 33, a Juazeirense levantou a bola na área do Bahia, mas o goleiro Douglas saiu de soco e afastou o perigo.

O Bahia chegou ao empate aos 37 minutos. Léo cobrou o lateral e na confusão na área envolvendo Júnior Gaúcho e Douglas Grolli, a bola acaba dentro do gol. O árbitro anotou gol contra do jogador da Juazeirense.

Régis cobra falta na área do Juazeirense, a defesa afasta mal e Lucas Fonseca aparece no alto para ajeitar de cabeça para Júnior Brumado completar para o gol aos 45 minutos, virando o placar para o Bahia.

FICHA TÉCNICA
Juazeirenes 1x2 Bahia
Campeonato Baiano – 8ª rodada

Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro
Data: 04/03/2018 (domingo)
Horário: 17h
Árbitro: Marielson Alves Silva (CBF/BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF/BA) e Jucimar dos Santos Dias (CBF/BA)\
Cartão amarelo: Deca, Tigre, Salatiel, Rayllan, Tony Galego, Junior Gaúcho (Juazeirense) / Gregore, Allione (Bahia)
Gol: Bruno (Juazeirense) / Júnior Gaúcho contra , Junior Brumado (Bahia)

Juazeirense: Tigre; Capone, Emílio, Eron e Deca (Altemar); Waguinho, Júnior Gaúcho, Jussimar (Patrick) e Bruno; Salatiel (Tony Galego) e Rayllan. Técnico: Luis Antonio Zaluar.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Grolli e Léo; Gregore; Élber, João Pedro (Elton), Allione (Régis) e Edigar Junio; Kayke (Júnior Brumado). Técnico: Guto Ferreira.

Por Leandro Aragão /  Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.