Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

domingo, 4 de março de 2018

Stilus e Chapecoense estão na final do Campeonato de Babeiros do Alto Alegre

Aconteceu na manhã deste domingo dia 04 de março, os jogos de volta pela semifinal do Campeonato de Babeiros do Alto Alegre no município de Ichu. Foram dois jogos de muitas jogadas bonitas e de defesas espetaculares dos goleiros que se destacaram nesta rodada.
O primeiro duelo foi entre Stilus que jogava pela vantagem de poder perder até por um gol de diferença contra a equipe do Palmeiras que precisava vencer pelos 2 gols a mais para avançar, missão que por pouco não consegue, já que venceu por 1 tento a 0 e ficou fora da grande final.
O JOGO - Aos 03 minutos de jogo Stilus desperdiçou uma grande chance de sair na frente, após Jorginho chutar na trave, a bola sobrou livre para Alvinho que mesmo com o goleiro caído, em vez de chutar no canto livre, ele bateu fraquinha e displicente nas mãos do goleiro que agradeceu o presente. Não demorou e Stilus levou perigo mais uma vez ao gol de Galego, Jorginho chutou firme de fora da área e o goleiro fez uma linda defesa impedindo o gol.
Palmeiras reagiu aos 12 minutos numa linda triangulação entre Marcones, Marciel e Jerfinho, este último tentou vencer o goleiro, porém Néo foi um gigante na jogada mandando a bola pela linha de fundo. Na sequência foi a vez de Leivinha quase abrir o placar para o Palmeiras, ele livre chutou forte e mais uma vez Néo salvou a equipe de levar o gol.
Aos 19 minutos o Stilus teve outra grande chance com Jai D'gol que havia acabado de entrar, ele recebeu a bola na entrada da área e girou chutando, porém o goleiro Galego já estava em cima dele e evitou o gol. Aos 25, outra chance foi desperdiçada pelo Stilus, Jai D'gol dividiu com o goleiro fora da área e a bola sobrou para Jorginho que sem goleiro mandou por cima do gol, sendo só isso no primeiro tempo.
Na volta do intervalo Stilus por pouco não abre o placar logo aos 2 minutos e por sinal com um lindo lance de Jai D'gol que tentou surpreender o goleiro de bicicleta e a bola raspou a trave assustando o goleirão. Aos 7 minutos foi a vez do Palmeiras dá a resposta, Batatão recebeu um passe açucarado de Marciel, porém, errou a pontaria mandando longe da meta.
Aos 20 minutos Batatão cochilou no lance e por pouco Jai D'gol não balança às redes para Stilus. Ele tentou a famosa cavadinha e o goleiro foi bem no lance neutralizando a jogada, mandando para esquinado. Não cobrança nada aconteceu já que o goleiro ficou com a bola. Precisando vencer a partida por dois gols de diferença, Palmeiras partiu pra cima e aos 22 minutos Leivinha chutou forte de fora da área, Néo foi bem no lance novamente e fez a defesa.
Aos 27, Palmeiras voltou a assustar, dessa vez com Marciel que recebeu passe de Batatão e chutou no travessão. Em seguida houve um bate rebate dentro da área, onde Leivinha chutou e o goleiro defendeu, a bola no entanto, sobrou para Carlos Victor que pegou o rebote e chutou novamente, porém Jorginho tirou debaixo da trave evitando o gol. 
Por muito insistir enfim Palmeiras chegou ao gol. Wailson derrubou Batatão dentro da área e o árbitro marcou penalidade, na cobrança Marciel fez o único gol do jogo, resultado que não adiantou já que precisava de vencer por 2 de diferença e com isso Stilus se garantiu na grande final.

FICHA TÉCNICA 1º JOGO
Stilus jogou com: Néo, Iure, Macaco, Alvinho, Ildes, Wailson, Guilherme, Jorginho, Jai D'gol, Elizeu, Jerfinho Portugal e Tampinha. Cartões amarelos: Macaco, Ildes e Wailson.

Palmeiras jogou com: Galego, Gene Pau D'arco, Urubu, Marciel, Dê, Junior Batatão, Jerfinho de Gerson, Marcone, Victor Cruz, Rafael do Gesso, Leivinha, Teteco e Rodrinho. Gol: Marciel. Cartões: Não houve.


ARBITRAGEM
Gueguel e Osmário

No jogo de fundo entre Piancó e Chapecoense mais uma partida emocionante, a começar com um lindo chute de Desso de fora da área para boa defesa de Marcelo que evitou o gol da Chape aos 2 minutos de bola rolando. Em resposta, Piancó foi ao ataque e aos 4 minutos abriu o marcador com Rone num chute forte de fora da área.
Aos 14 minutos do primeiro tempo Piancó ficou com um homem a menos, Amadilson fez falta dura e levou o segundo amarelo e vermelho na sequência. Na cobrança da falta, mais uma vez Marcelo foi bem no lance e evitou o gol de empate.
Aos 16 por pouco a Chape não deixa tudo igual com Neres que cabeceou na trave. Aos 20 Chapecoense empatou a partida num chutaço de longe do garoto Patrik. Neto Mendonça ajeitou na medida e ele estufou a rede igualando o marcador em 1 a 1.
Aos 25 Chapecoense levou perigo ao gol de Marcelo. Neres tocou na conta para Vinícius que tentou fazer o dele, o goleirão fez linda defesa. Em seguida, novamente Vinícius buscou o ângulo mas o dia era mesmo de Marcelo que foi um gigante e impediu o gol.
Nos acréscimos do primeiro tempo, Piancó fez o segundo gol. Após cobrança de falta perfeita de Gleydson a bola desviou na mão de Mizo e o árbitro marcou penalidade, na cobrança o próprio Gleydson fez 2 a 1, placar do primeiro tempo.
No segundo tempo e sob um sol escaldante, o ritmo do jogo continuou o mesmo, onde aos 5 minutos Chapecoense já assustava com Mizo cobrando falta, a bola foi no segundo pau e Patuco por pouco não empata a partida. Em cima buscando o gol, Chapecoense por pouco não deixa tudo igual em duas oportunidades. Primeiro com Neto Mendonça que chutou de bico e a bola bateu na zaga onde atletas da Chape pediram pênalti mas o árbitro nada marcou, depois com Patrik que cobrou uma falta perigosa e Marcelo fez mais uma boa defesa, sendo o destaque do jogo. 
Depois de muita insistência enfim Chapecoense se iguala no placar. Após jogada de Mizo pela esquerda, ele cruzou na medida para Felipe que de cabeça deixou tudo igual 2 a 2. Aos 14 minutos Piancó esboçou uma reação e por pouco não faz o terceiro com Rone. Ele recebeu na área e tentou vencer o goleiro Luan que fechou o ângulo evitando o gol.
Aos 25 minutos Chapecoense ampliou o placar para 3 a 2. Desso viu Neres livre dentro da área e tocou na medida, ele pegou de primeira para fazer o terceiro. Aos 29 Chapecoense chega ao quarto gol e novamente com o veterano Neres. Ele recebeu um passe perfeito do experiente Mizo e mandou ao fundo das redes decretando o placar final da partida em 2 para Piancó e 4 para Chapecoense.
Agora a Chape vai decidir o título com Stilus que mesmo perdendo no primeiro jogo se classificou devido a boa vantagem adquirida no jogo de ida. A final será no próximo domingo 11 de março as 09:00hs da manhã.

FICHA TÉCNICA 2º JOGO
Piancó jogou com: Marcelo, Gleydson, Fleidione, Vitor Piancó, Amadilson, Gei, Rone, Pinune, Thaule, Muriel, Gerson de Ariston e Arraia. Gols: Rony e Gleydson.  Cartões amarelos: Thaule e Muriel. Cartão vermelho: Amadilson.

Chapecoense jogou com: Luan, Neres, Patuco, Desso, Felipe, Neto Mendonça, João Paulo, Fran da Loba, Patrik, Mizo, Ninícius e Leno Pio. Gols: Neres (2X), Patrik e Felipe (1 cada). Cartões amarelos: Neto Mendonça e Patrik.

ARBITRAGEM
Gueguel e Osmario
Urubu e Dê de Coca
 
Redação Ichu Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.