Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 22 de março de 2018

Tarifas do Detran estão mais caras a partir de hoje (22)

A partir desta quinta-feira (22), os valores de algumas atividades e serviços do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) estão com valores reajustados. 
Foto: Reprodução
Serviços básicos como licenciamento, renovação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), primeira habilitação e emplacamento ficaram mais caros. O licenciamento anual impresso custava R$ 112 e agora custa R$ 115, mas o motorista tem a opção de escolher a versão eletrônica do documento e pagar quase a metade do valor do serviço: R$ 60. Em 2017, essa opção não estava disponível.

A mudança aconteceu após um estudo técnico do próprio órgão sobre as tarifas cobradas, mas a versão eletrônica de alguns documentos está disponível e pode custar até a metade do preço do documento impresso.
Quem vai retirar a habilitação pela primeira vez também terá duas alternativas de valores. O motorista que optar pela versão impressa do documento vai pagar R$ 190, ou seja, R$ 22 mais caro que os R$ 168 cobrados atualmente. Já a versão eletrônica é mais econômica – a taxa custa R$ 95 e é uma novidade em relação ao ano passado.
A renovação da CNH também sofreu reajuste no preço cobrado. O documento impresso passou de R$ 141 para R$ 159. Na versão eletrônica, a taxa é de R$ 80. No caso do primeiro emplacamento, os motoristas terão que desembolsar R$ 213. Antes a taxa era de R$ 207. Se quiser adicionar as categorias A ou B na CNH, o condutor terá que pagar R$ 4 a mais pelo serviço, que custava R$ 141 e passou para R$ 145.
O Detran reajustou alguns serviços com um valor menor que o do ano passado. A tarifa do guincho caiu de R$ 306 para R$ 70, no caso de motos, e ficou em R$ 255 para carros. A diária de pátio destinada a veículos de duas ou três rodas também foi reduzida, passando de R$ 49,50 para R$ 29; pelo estacionamento de automóveis até 16 lugares, o valor de R$ 49,50 não sofreu reajuste.
Quem precisar de Permissão Internacional para Dirigir (PID) também vai pagar mais barato. O serviço custava R$ 612 e passa a ser R$ 316. A escolha de placa especial, que era R$ 700, agora custa R$ 350. Já a taxa de credenciamento e renovação do contrato de autoescolas e clínicas, que atuam junto ao Detran, terá um custo mais barato em 2018, saindo de R$ 6 mil para R$ 2,6 mil.
Confira o reajuste em alguns serviços abaixo:
SERVIÇOS 2017 / 2018
Permissão para dirigir veículos automotores – 1ª habilitação
R$ 168,00 - R$ 190,00

Permissão para dirigir veículos automotores – 1ª habilitação eletrônica 
Não existia o serviço - R$ 95,00

Renovação da CNH impressa 
R$ 141,00 - R$ 159,00

Renovação da CNH eletrônica 
Não existia o serviço - R$ 80,00

Licenciamento anual impresso
R$ 122,00 - R$ 115,00

Licenciamento anual eletrônico
Não existia o serviço - R$ 60,00

Primeiro emplacamento
R$ 207,00 - R$ 213,00

Adição de categorias A ou B 
R$ 141,00 - R$ 145,00

Transferência de propriedade com emissão de CRV impresso
R$ 171,00 - R$ 200,00

Transferência de propriedade com emissão de CRV eletrônico (CRVe)
Não existia o serviço - R$ 120,00

Segunda via de CRV e CRVL
R$ 68,30 - R$ 70,40

Certidão de veículo
R$ 22,40 - R$ 23,10 

Alteração de dados cadastrais dos proprietário do veículo
R$ 142,00 - R$ 146,00 

Segunda via da permissão ou CNH
R$ 65,10 - R$ 67,10
Do Portal CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.