CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Bahia vence o São Paulo em pleno Morumbi e fica em vantagem na Copa do Brasil

No repeteco entre Bahia e São Paulo no Morumbi, o Tricolor de Salvador levou a melhor na noite desta quarta-feira (22). Com gol de Élber no segundo tempo, o Esquadrão de Aço venceu por 1 a 0 e agora tem vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil.
As duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira (29), às 21h30, na Arena Fonte Nova. Para seguir, basta um empate ao Bahia. Em caso de novo 1 a 0 favorável ao São Paulo, a vaga será definida nos pênaltis. Antes, o time de Roger Machado entra em campo no próximo domingo (26) para enfrentar o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. 

O JOGO
O São Paulo começou o jogo assustando o Bahia. Logo aos dois minutos, Léo avançou pela esquerda e cruzou. Pato ficou com a bola, a defesa do Bahia tirou parcialmente e Luan chutou rasteiro para boa defesa do goleiro Douglas. Três minutos depois, Everton tabelou com Tchê Tchê, cruzou na área, mas Lucas Fonseca conseguiu a intervenção.

Aos 13 minutos, foi a vez do Bahia assustar. Artur cruzou na área, Lucas Fonseca cabeceou para trás e a bola ficou com Douglas Augusto, que chutou e a bola passou raspando a trave do goleiro Tiago Volpi.

A equipe do São Paulo voltou a colocar o goleiro Douglas para trabalhar aos 32 minutos. De fora da área, Tchê Tchê mandou uma bomba e o arqueiro do Esquadrão rebateu. Com 39, Léo cruzou na área, Toró cabeceou e o goleiro do Bahia fez uma defesa espetacular.

Antes da primeira etapa acabar, Fernandão recebeu cruzamento na área, dominou e tentou uma bicicleta, mas a bola passou longe da meta. 

Segundo tempo
Aos quatro minutos do segundo tempo, Toró recebeu passe de Everton na grande área, cruzou e Douglas defendeu em dois lances. Logo depois, o árbitro Bruno Arleu de Araújo foi chamado para conferir um lance de uma possível mão de Nino Paraíba no árbitro de vídeo. A decisão foi por não marcar a penalidade máxima.

Com nove minutos, Igor Gomes cobrou escanteio fechado e o goleiro Douglas teve que fazer acrobacia para desviar a bola para a linha de fundo. Quatro minutos depois, Alexandre Pato ganhou a dividida com Douglas Augusto fora da área, bateu firme e a bola passou muito perto.  

Aos 19, em jogada rápida, Fernandão recebeu lançamento na frente e esperou até o último momento para tocar em Nino Paraíba, que chutou por cima da meta. 

Élber abre o placar para o Bahia
O Esquadrão de Aço abriu o placar em pleno Morumbi. Aos 27 minutos, Rogério recebeu na frente e após rebatida com Walce, a bola sobrou limpa para Élber, que bateu firme para o fundo do gol.

Dois minutos depois, Rogério cruzou da direita, e Artur quase se antecipou a Tiago Volpi para marcar o segundo. Depois, após erro na saída de bola, Artur ficou com a bola e chutou rasteiro para a defesa do goleiro do tricolor paulista.

Pato acerta a trave
Aos 39 minutos, Nenê serviu Alexandre Pato de frente para Douglas. O atacante do São Paulo finalizou e acertou a trave.
 
Douglas salva o Bahia
Com 48, Pato recebeu na grande área e bateu firme, mas Douglas fez uma grande defesa e evitou o que seria o gol de empate do São Paulo. Na sequência, foi a vez do Bahia. Rogério recebeu lançamento de Artur e finalizou para grande defesa de Tiago Volpi. 

FICHA TÉCNICA
São Paulo 0 x 1 Bahia
Copa do Brasil - Oitavas de final (1º jogo)
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 22/05/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (ambos do RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, com auxílio de Pathrice Wallace Corrêa Maia e Michael Correia (RJ) 
Cartões amarelos: Tchê Tchê, Igor Vinícius, Antony (São Paulo) / Fernandão, Gregore, Douglas Augusto e Douglas Friedrich (Bahia) 
Cartões vermelhos: Não Houve 
Gols: Élber (Bahia)

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Walce e Léo; Luan (Vitor Bueno), Tchê Tchê e Igor Gomes (Nenê); Toró, Everton (Antony) e Pato. Técnico: Cuca. 

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto (Flávio); Artur, Élber (Clayton) e Fernandão (Rogério). Técnico: Roger Machado.

Por Ulisses Gama / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.