CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 27 de abril de 2020

Casos de câncer de mama em homens cresce 250%, autoexame é o principal fator para o diagnóstico precoce

O índice de Câncer de mama em homens cresceu de dois para sete entre os anos de 2018 e 2019 em Feira de Santana, o que representa um aumento em 250% segundo dados do Ministério da Saúde, fonte Datasus. 
Este ano, até o mês de fevereiro, não há registro para a doença no município e de forma educativa as unidades de saúde da Prefeitura vem realizando trabalho preventivo prestando orientação sobre a maneira correta dos homens fazerem o autoexame, que pode identificar nódulos ou alterações nas mamas.

Essas ações se potencializam ainda mais com o Novembro Azul, onde a campanha é voltada para reforçar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata e demais doenças relacionadas a saúde do homem, além de incentivar o cuidado com a própria saúde.

O autoexame bem como exames periódicos facilitam o diagnóstico que se realizados antecipadamente as chances de cura são maiores que quando descobertos tardiamente.

Em Feira de Santana a doença acomete homens com idades entre 30 e 80 anos, porém essa idade vem diminuindo e um dos fatores associados que podem causar essa mudança de perfil é o uso contínuo de hormônios e esteroides e pode ser relacionado ao público que frequenta academias. “Isso acaba sendo um agravante para os homens que já teriam uma pré-disposição a desenvolver o câncer”, avalia a enfermeira referência técnica em saúde do homem da Secretaria de Saúde, Isabela Machado.

Ainda de acordo com ela, o preconceito na maioria das vezes é uma barreira na busca por um especialista no momento que se percebe alguma alteração. “Como no caso de câncer de mama feminino, a prevenção é a melhor aliada, por isso é muito importante conhecer o seu corpo, realizar todos os exames periódicos e estar sempre atento à possíveis mudanças”, afirma.

O fator genético também contribui com a incidência da maioria dos cânceres. “Se um homem for diagnosticado com a anomalia, há grandes chances de outras pessoas da família, no primeiro grau de parentesco, especialmente as mulheres, desenvolverem a doença, por isso o autoexame é importante para a descoberta prévia da doença”, destaca.

O diagnóstico é o principal índice para avaliar o registro de casos no município, porém ainda existe a subnotificação, que é quando pessoas acometidas pela doença ainda não foram diagnosticadas.

“Podem existir casos de câncer de mama em homens no município, porém por não haver uma procura por especialista esse dado nunca vai existir, bem como não vai haver tratamento. Por este motivo orientamos que os homens realizem o autoexame e procurem um profissional de saúde caso perceba alguma alteração. Diferente do que muitos pensam, o câncer tem cura”, pontuou Isabela Machado.

As equipes das unidades básicas de saúde e de saúde da família podem auxiliar neste diagnóstico quando procuradas, sendo possível realizar avaliação com médico da unidade ou encaminhar para marcação com especialista.
 
Do Acorda Cidade com informações da Secretaria Municipal de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.