CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Bahia de Feira sai na frente no Barradão, mas Vitória arranca empate nos acréscimos

Vitória e Bahia de Feira empataram em 1 a 1, nesta quinta-feira (23), no Barradão. O Tremendão saiu na frente com Marclei, mas o time rubro-negro igualou no apagar das luzes. O confronto marcou o reinício do Campeonato Baiano após pouco mais de quatro meses de suspensão por conta da pandemia do coronavírus.
O resultado foi ruim para as duas equipes, que deixaram o G-4. O Bahia de Feira chegou aos 12 pontos e caiu para a quinta posição. O Vitória, também com 12, agora é o sexto.

Na última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano, o Vitória vai pegar o Doce Mel, domingo (26), às 16h, no Joia da Princesa. No entanto, a equipe tem um compromisso antes pela Copa do Nordeste. O Leão encara o Ceará, sábado (25), às 16h, em Pituaçu, pelas quartas de final.

Já o Bahia de Feira tem duelo derradeiro da primeira fase contra a Juazeirense, na Arena Cajueiro, domingo (26), às 16h.

O JOGO
O Bahia de Feira criou as primeiras chances do jogo logo aos dois minutos. Clebinho finalizou e César defendeu. Jarbas ficou com a sobra e cruzou para Diones, que cabeceou com perigo, mas para fora.

O Vitória tinha dificuldades para encontrar espaços e por isso arriscou de chutes de fora da área, porém os arremates não ofereceram perigo. O primeiro foi com Rafael Carioca, aos 13, que finalizou fraco da intermediária. Aos 19, Júnior Viçosa tentou, mas Alan defendeu com tranquilidade.
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O Bahia de Feira passou a pecar nos passes e por isso não conseguia construir jogadas. Já o Vitória insistia em jogadas pelas direitas, mas sem sucesso nas conclusões.

Aos 42, Bruninho roubou a bola no meio e tocou para Ebinho, que finalizou, mas chutou para fora. O Leão respondeu aos 44. Negueba arrematou de longe e Alan precisou fazer uma defesa em dois tempos.

Segundo tempo
O Vitória continuava com a mesma estratégia do primeiro tempo: chutes de fora da área e jogadas pela direita. Aos dois, Figueiredo arrematou da intermediária e Alan defendeu.

O Bahia de Feira teve uma boa oportunidade aos três minutos em cobrança de falta. Alex Cazumba cobrou com veneno, mas a bola saiu por cima da meta defendida por César.

O placar quase saiu zero aos 10. Pedro Pires, do Bahia de Feira, cruzou para Ebinho, que cabeceou na pequena área. César saiu do gol e defendeu. 

O time rubro-negro passou a achar espaços e começou a incomodar com mais frequência. Aos 14, Figueiredo recebeu passe de Mateusinho na entrada da área. Ele finalizou por cima do gol. Aos 17, a melhor chance do Vitória na partida. Negueba cobrou falta na grande área, Júnior Viçosa subiu mais que todo mundo e Alan realizou uma grande defesa.

Aos 29, o Bahia de Feira inaugurou o placar no Barradão. Bruninho cobrou falta, mas a defesa do Vitória afastou a cobrança. Porém, Bruninho voltou a ficar com a redonda e realizou novo cruzamento. Marclei cabeceou a bola no travessão, mas não vacilou no rebote e chutou forte para o fundo das redes.
 
O Vitória continuava insistindo após tomar o gol. Porém, somente aos 49, já no apagar das luzes, a equipe conseguiu o empate.  Jean aproveitou o cruzamento e chutou de primeira para deixar tudo igual no Barradão. mas o time rubro-negro igualou no apagar das luzes. 

FICHA TÉCNICA Vitória 1 x 1 Bahia de Feira Campeonato Baiano – 8ª rodada Local: Barradão, em Salvador (BA) Data: 23/07/2020 (quinta-feira) Horário: 16h Árbitro: Diego Pompo Lopez (BA) Assistentes: Jucimar dos Santos Dias (BA) e Paulo de Tarso Bregalda Gussen (BA) Cartões amarelos: Jonh (Vitória); Diones (Bahia de Feira) Gols: Marclei (Bahia de Feira); Jean (Vitória)

Vitória: César; Léo Morais, Gabriel Furtado, John (Romisson) e Rafael Carioca; Jean, Figueiredo e Tenório (Eduardo); Mateusinho (Ruan Levine), Júnior Viçosa e Negueba. Técnico Bruno Pivetti.

Bahia de Feira:  Alan; Jarbas, Menezes, Rusalen e Alex Cazumba; Diones, Adriano (Fabrício Neguinho) (Leonardo), Pedro Pires e Bruninho; Léo Porto e Ebinho (Marclei). Técnico: Quintino Barbosa.

Por Glauber Guerra / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.