CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Bahia sai atrás, mas consegue arrancar empate com o Goiás nos acréscimos

Em um jogo brigado e marcado pela fraca qualidade técnica, Bahia e Goiás empataram em 1 a 1 na noite desta sexta-feira (16) no estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 16ª rodada do Brasileirão. O primeiro gol foi marcado por Vinícius para o esmeraldino, mas Fessin conseguiu arrancar o empate aos 49 da segunda etapa.

Com o resultado, o Esquadrão de Aço vai aos 16 pontos e deixa a zona de rebaixamento. Na próxima segunda-feira (19), a equipe joga contra o Atlético-MG no Mineirão.

BOLA ROLANDO 

A primeira chegada do duelo na Serrinha foi do Goiás. Após cruzamento na área e sobra, Keko recebeu na entrada da área e bateu colocado para grande defesa de Douglas. Já o Bahia tentou pela primeira vez com Juninho Capixaba.  O lateral-esquerdo  ficou com a sobra fora da área e mandou uma bomba que passou por cima aos sete minutos.

Aos onze, Rossi correu pela direita, cruzou e Gilberto não completou para o gol por muito pouco. 

Em um jogo marcado por muita movimentação e poucas oportunidades, uma nova boa jogada só apareceu aos 32. Após cabeceio de Ratinho, Rafael Moura dominou e tocou para Keko, que ajeitou para a perna esquerda e mandou por cima.

Com 44 minutos, o Bahia quase marcou. Após jogada pela esquerda, a bola chegou até Nino Paraíba que finalizou para fora. Antes do apito que decretou o fim da primeira etapa, Elias dominou a pelota na área e ajeitou para Rossi, que chutou ao lado da meta. 

Segundo tempo 

Na segunda etapa, o Goiás começou em cima do Bahia. Após cruzamento na área, Vinícius cabeceou e a bola passou ao lado. Logo no minuto seguinte, ele não perdoou e balançou a rede após uma boa jogada de Shaylon, que cruzou rasteiro da esquerda.

Aos 12 minutos, Gilberto recebeu lançamento na grande área, girou e ajeitou para Elias, que chutou e a bola passou por cima. Cinco minutos depois, o mesmo Elias recebeu dentro da grande área, dominou e mandou a bola pra longe. Aos 22, Élber cruzou na área e novamente Elias perdeu uma boa chance e cabeceou para fora. 

Substituído, Rossi é expulso 

Um momento inusitado aconteceu aos 30 minutos do segundo tempo. Após ser substituído por Fessin, Rossi acabou levando o segundo amarelo e o consequente cartão vermelho por reclamação. 

Élber leva cartão vermelho 

Depois de sofrer falta de Salazar e o juiz não apitar falta, o atacante Élber fez uma reclamação acintosa e acabou sendo expulso aos 34 minutos. 

Aos 41 minutos, depois de jogada de Nino e rebatida da defesa do Goiás, a bola sobrou limpa com Elias, que finalizou de primeira e mais uma vez errou a meta. 

Pênalti não marcado para o Bahia 

Com 43 minutos, Fessin foi derrubado por Salazar dentro da grande área e o juiz foi chamado pelo árbitro de vídeo para analisar o lance. No entanto, a penalidade máxima foi negada.

Aos 47 minutos, quase o Esquadrão de Aço empatou. Juninho Capixaba pegou forte na bola em cobrança de falta e Tadeu fez uma defesa espetacular. 

Fessin empata 

No minuto 49, Fessin recebeu bola na entrada da área, ajeitou para a perna esquerda e bateu colocado, sem dar chances para  o goleiro Tadeu. 

FICHA TÉCNICA
Goiás x Bahia
Campeonato Brasileiro - 16ª rodada

Local: Serrinha, em Goiânia
Data: 15/10/2020 (sexta-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ), auxiliado por Alisson Sidnei Furtado (TO) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Cartões amarelos: David Duarte, Caju, Douglas Baggio, Fernandão (Goiás) / Lucas Fonseca, Rossi, Juninho, Elias (Bahia)

Cartões vermelhos: Rossi, Élber, Mano Menezes (Bahia) / Enderson Moreira (Goiás)

Gols: Vinícius (Goiás) / Fessin (Bahia) 

Goiás: Tadeu; Edílson, David Duarte, Fábio Sanches e Caju; Ratinho (Salazar), Ariel Cabral (Matheus Filgueira) e Shaylon (Douglas Baggio); Keko, Rafael Moura (Fernandão) e Vinícius. Técnico: Enderson Moreira. 

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Elias e Daniel (Marco Antônio); Clayson (Élber), Rossi (Fessin) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

Por Ulisses Gama | Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.