CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Sem dificuldades, Bahia vence o Vasco por 3 a 0 e respira no Brasileirão

O Bahia voltou a vencer no Brasileirão na noite desta quarta-feira (7) ao superar o Vasco por 3 a 0 no estádio de Pituaçu, em partida válida pela 14ª rodada. Em uma noite inspirada do setor ofensivo, Clauson, Rossi e Gilberto marcaram os gols.

Com o resultado, o Esquadrão de Aço vai aos 15 pontos e sobe para o 13º lugar. No próximo domingo (11), o desafio será contra o Fluminense, no Maracanã.

O JOGO 

O início do jogo foi marcado pelas duas equipes buscando o ataque. A primeira tentativa foi do Esquadrão de Aço. Com quatro minutos, Clayson avançou para o ataque e ajeitou a bola para Gregore, que bateu forte e rasteiro para defesa de Fernando Miguel. Na sequência, foi a vez do Vasco. Aos sete, Marcos Júnior chutou forte de longe a a bola passou ao lado. 

Rossi coloca o Bahia na frente 

O Bahia abriu o placar com direito a lei do ex. Aos nove minutos, Clayson cruzou para a área e Rossi se antecipou ao marcado para empurrar com o pé direito e a bola morrer na rede. 

Giberto amplia 

O Esquadrão de Aço ampliou o marcador ainda na primeira etapa. Aos 31 minutos, Ernando, que estava improvisado na lateral, avançou e passou em velocidade por Bruno Gomes. Ele passou para Gilberto, que fuzilou com o pé direito. Mais uma lei do ex em Pituaçu.

Na sequência, o Bahia teve uma chance incrível para marcar e perdeu. Rossi avançou em velocidade no contra-ataque e serviu Juninho. Com toda a liberdade do mundo, o defensor pegou mal na bola e viu ela passar por cima da moldura.

Clayson marca o terceiro 

Aos 45 da primeira etapa, o Bahia aumentou a margem com Clayson. Ele aproveitou a sobra e bateu no canto direito do goleiro Fernando Miguel após lançamento de Gregore e rebatida de Yago Pikachu. 

Segundo tempo 

O segundo tempo começou com o Bahia atacando. Logo no primeiro minuto, cruzamento na área e Gilberto cabeceou para boa defesa de Fernando Miguel. Aos três, Pikachu serviu Cano dentro da grande área e o argentino finalizou travado.

Aos quatro minutos, o Bahia pediu pênalti. Após chute de Rossi, a bola bateu no braço de Fellipe Bastos. A arbitragem, no entanto, mandou o jogo seguir. 

O Bahia tirou o pé do acelerador e esperou o Vasco, que tentou chegar. Aos 12 minutos, Fellipe Bastos mandou uma bomba de fora da área e a bola passou perto. 

Bruno Gomes expulso 

Aos 21 minutos, Bruno Gomes derrubou Juninho Capixaba, que vinha em velocidade no contra-ataque. Ele recebeu o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

Dono da vantagem, o Bahia pouco criou e não sofreu na defesa até o apito final. 

FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 0 Vasco
Campeonato Brasileiro - 14ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 07/10/2020 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Lucio Beiersdorf Flor e Andre da Silva Bitencourt (ambos do RS)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO), auxiliado por Andrey da Silva E Silva (PA) e Edson Antonio de Sousa (GO). 

Cartões amarelos: Gregore, Rossi, Ramon (Bahia) / Bruno Gomes (Vasco)

Cartão vermelho: Bruno Gomes (Vasco)

Gols: Rossi, Gilberto e Clayson (Bahia) 

Bahia: Douglas; Ernando, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore (Ramon), Elias e Daniel (Ronaldo); Rossi (Élber), Clayson (Fessin) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Ricardo Graça, Leandro Castán e Henrique; Bruno Gomes, Fellipe Bastos e Marcos Júnior (Carlinhos) ; Vinícius (Cayo Tenório), Talles Magno (Gabriel Pec) e Germán Cano.Técnico: Ramon Menezes.

Por Ulisses Gama | Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.