Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Riachão e região: Novos prefeitos são empossados e falam de crise

Prefeitos do Território do Sisal e da Bacia do Jacuipe foram empossados neste domingo, dia 01 e janeiro de 2017, com um discurso de cautela e reconhecendo a crise que antes a maioria ignorava. 
As solenidades de posses dos novos gestores nesses municípios aconteceram durante todo o dia, sendo alguns casos pela manhã, a maioria à tarde, e outros à noite.

Em Riachão do Jacuipe, José Ramiro Ferreira Filho (PSD) e o vice Catarino Azevedo Rios (PP) foram empossados como prefeito e vice, respectivamente, no final da tarde, em solenidade realizada na Câmara de Vereadores. Os trabalhos foram comandados pelo vereador Antônio Marcos Oliveira (Marquinhos), eleito horas antes para comandar a Casa mais uma vez.

posse-coiteNa cidade de Conceição do Coité, a chapa formada pelo prefeito Francisco de Assis (PT), reeleito, e a vice Renivalda Pinto da Silva (PSD), foi empossada pela manhã para comandar os destinos da cidade mais uma vez. 

A sessão foi presidida pelo vereador Danilo do PT, eleito horas antes, por unanimidade dos seus pares, para comandar a Legislatura que foi iniciada neste domingo (01).

Pé de Serra e Nova Fátima sob forte calor
posse-pe-serraNa cidade de Pé de Serra, a chapa eleita no dia 20 de outubro de 2016, formada por Antônio Joílson e Carlos Alberto Rios (Miinho) foi empossada em sessão realizada na manhã deste domingo. A solenidade foi comandada pelo vereador Agenário Carneiro, eleito horas antes como presidente da Câmara por unanimidade. Joílson (foto ao lado) prometeu um governo de união e destacou as áreas de saúde e educação como prioritárias, como havia adiantado na campanha.

Em Capela do Alto Alegre a posse de Claudinei Xavier Novato (Dr. Nei-PCdoB) e Luis Romeu Oliveira Mascarenhas (PSL) foi marcada pela discrição. A morte do sogro do novo prefeito capelense, um dia antes, fez cancelar toda a programação prevista, restringindo apenas à cerimônia de posse. Os trabalhos foram comandados pela vereadora Osvalci Parente de Araújo. Antes da posse do novo gestor, Marcelo de Ipiraí foi eleito presidente da Câmara.

posse-nova-fatimaEm Nova Fátima, também em sessão realizada pela manhã, na Câmara de Veadores, a chapa eleita em outubro passado, formada por José Adriano Pereira (Ariano de Rosalvo-PP) e Assis Porto (SD), foi empossada sob forte calor e com a presença de muita gente. Os trabalhos foram comandados pelo novo Presidente da Câmara, vereador Josenaldo Porto (DEM), que obteve a maioria dos votos.

Confusão na eleição da Câmara de Serra Preta
Em Serra Preta, a posse do Prefeito Aldinho aconteceu fora do horário previsto, às 10h da manhã, devido a um impasse na eleição para a presidência da Câmara Municipal. É que inicialmente estava tudo acertado para a eleição do vereador Mário Gonçalves, mas uma atuação nos bastidores do ex-prefeito Adeil Figueiredo provocou uma reviravolta no processo.

posse-serra-pretaAdeil foi a campo e trabalhou o nome de Gilmar do Buraco D’água, que foi eleito com seis votos. A surpresa ficou por conta do recuo dos vereadores Gilson do Tingui e Roque de Vá, que antes eram considerados fiéis ao grupo de Adeil, mas haviam se comprometido a votar em Mario Gonçalves. Contudo, durante a semana, por conta dos apelos do ex-prefeito, recuaram.

Com seis indicações, quatro abstenções e um voto em branco, Gilmar do Buraco Dágua foi eleito, mas não comandou os trabalhos na solenidade de posse do novo prefeito. A tarefa coube ao vereador Gilson do Tingui, por ser o mais velho da Casa.  A posse de Aldinho quebra uma hegemonia do grupo liderado pelo ex-prefeito Adeil, que vinha comandando o município há anos.

O evento aconteceu na Câmara de Vereadores, na sede do município. Aldinho e Braquistone foram empossados prefeito e vice já no final da tarde, depois de discursos inflamados e toda a polêmica que aconteceu durante a manhã e à tarde para escolha do novo presidente da Casa.

Desmanche em Tanquinho, conciliação em Candeal
posse-tanquinho
Na cidade de Tanquinho o novo prefeito Luedson Soares (PTN) foi empossado em sessão realizada na Câmara de Vereadores, já à noite. A sessão começou depois da missa na Igreja Matriz, que contou com as presenças do prefeito eleito, do vice Ecinho, dos novos vereadores, lideranças políticas e populares. 

Ainda na Igreja, o novo prefeito falou à nossa reportagem e prometeu empenho “para tirar o município na situação em que se encontra”. O vereador Getúlio foi eleito para comandar os destinos da Câmara Municipal nessa nova legislatura.

posse-candealEm Candeal, o novo prefeito Everton Cerqueira (DEM) e o vice Agnaldo Tavares Carneiro Neto (Có) foram empossados numa rápida sessão, iniciada por volta das 19h. Antes, aconteceu missa solene na Igreja Matriz. 

A sessão de posse de Everton e Có foi comandada já pelo novo presidente José Risonaldo Ribeiro da Silva (Zé de Deja), que havia sido eleito pela manhã. O discurso do novo gestor de Candeal foi de conciliação. “Precisamos de vocês todos, porque teremos que estar unidos para tirar o município da situação em que se encontra”, conclamou.

Desabafo marca posse de Carlos em Ichu
posse-ichuNa cidade de Ichu, a chapa eleita no dia 2 de outubro de 2016, Carlos Santiago de Almeida (PHS) e Renato Adelino Carneiro (PEN) foi empossada à noite, em solenidade realizada no Auditório do CEACO. Os trabalhos foram comandados pelo vereador Adalberto Santiago de Almeida, que foi eleito horas antes para comandar a Câmara por mais uma Legislatura.

A posse de Carlos Santiago e Renato Adelino foi marcada pela emoção e discursos com tom de protesto devido à perseguição sofrido pelo novo gestor nos últimos anos, com ênfase durante a campanha eleitoral. “Eu precisava falar algumas coisas para o povo, porque ainda tinha gente que acreditava nas mentiras que eles inventavam para nos prejudicar durante a campanha”, disse Carlos em entrevista à Rádio Jacuipe logo após ser empossado.

Durante a solenidade de posse, diversas lideranças e novos secretários discursaram também com esse foco, aludindo às perseguições dos adversários e mandando recados em tom irônico e de desabafo. “Disseram que Carlos não seria tetra e sim tetraplégico. Mas está ai a resposta: Carlos eleito prefeito, diplomado e empossado. Carlos agora é tetra”, desabafou Miguel Miranda Santos, um dos coordenadores da campanha vitoriosa, numa alusão à quantidade de mandatos conquistados por Carlos Santiago para administrar Ichu.

Fonte: Interior Da Bahia / Fotos: Rodrigo Nascimento/ Mario Amaral e Tony Sena)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.