Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Funcionários da prefeitura de Salvador que pedalarem até o trabalho ganharão folga mensal

Os funcionários da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação de Salvador que quiserem garantir uma folga durante o mês não vão mais precisar negociar horas com a chefia. 
A partir desta quinta-feira (9), que é quando a portaria será publicada no Diário Oficial do Município (DOM), aqueles que usarem a bicicleta como meio de transporte até o trabalho por 15 dias terão direito a um dia sem expediente no mês em questão.

 A medida foi confirmada ao Bahia Notícias pelo secretário da pasta, André Fraga. “A gente já viu isso em algumas cidades do mundo, algumas empresas, alguns comerciantes que dão desconto pra quem vai de bicicleta”, conta o gestor sobre a inspiração. 

No início, a proposta será implantada em fase de teste para avaliar a aderência dos servidores e também a melhor forma de promover essa compensação. As folgas, inclusive, serão ajustas pela secretaria para que não haja sobreposição de faltas num mesmo dia e isso afete o funcionamento da pasta. 

Para o secretário, que admite pedalar por cerca de 20km – da sua residência em Stella Maris até uma unidade da Secis, no Parque da Cidade – ao menos uma vez por semana, defende que isso é um incentivo, além de atender a três medidas importantes para a população de Salvador. “Atende ao conceito de tirar um carro da rua e um outro benefício do servidor pedalando é que ele vai deixar uma vida sedentária, o que tira parte da pressão sobre o sistema de saúde”, destaca Fraga. 

O terceiro fator a ser beneficiado com a medida, como o secretário pontua, é a menor emissão de poluentes, o menor volume de gases do efeito estufa a partir da diminuição do número de veículos no tráfego.

Por Ailma Teixeira // Extraída do Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.