CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 1 de março de 2018

Vitória perde para o Bragantino e sai em desvantagem na terceira fase da Copa do Brasil

O Vitória perdeu para o Bragantino por 1 a 0, nesta quarta-feira (28), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), válido pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. 
Com o resultado, o Rubro-negro baiano precisará vencer o adversário no confronto de volta por dois ou mais gols de diferença para avançar no torneio nacional. Triunfo por um gol levará a decisão para as cobranças de pênaltis. Empate dará a vaga para o Massa Bruta. O duelo acontece no dia 15 de março, às 19h15, no Barradão.

Agora, o time comandado pelo técnico Vagner Mancini volta suas atenções para o Campeonato Baiano. O Leão vai pegar o Jacobina, domingo (4), às 16h, no Barradão. 

O JOGO 
O Vitória começou o jogo com maior posse de bola, mas tinha dificuldades para superar a forte marcação do Bragantino e não conseguia finalizar.

Com uma postura cautelosa, o Bragantino apostava nos contra-ataques. Aos 18, Anderson Ligeiro chutou forte par ao gol, mas Fernando Miguel fez boa defesa.

Um dos mandamentos mais antigos do futebol é o “clareou, chutou”. E o primeiro arremate do Vitória foi com esse espírito Aos 20, Uillian Correia bateu de fora da área, mas a bola foi para fora.

Aos 35, Pedro Botellho recebeu na lateral esquerda, e próximo da entrada da área, chutou rasteiro e cruzado. A bola passou perto do gol.

E estratégia do Bragantino deu certo. Aos 38, Danilo Bueno cobrou falta na lateral esquerda e mandou a bola para a área. Matheus Peixoto, ex-Bahia, cabeceou e estufou a rede. 

Segundo tempo 
O gol serviu de combustível para o Bragantino, que voltou para o intervalo pressionando o Vitória. Logo no primeiro minuto, Anderson Ligeiro bateu cruzado para o gol e Fernando Miguel desviou para escanteio.

Com uma boa marcação, o Bragantino conseguiu neutralizar as ações do Vitória. O time Rubro-negro trocava passes no meio, mas sem efetividade.

Aos 14, o técnico Vagner Mancini decidiu deixar o time mais ofensivo. Ele sacou Ramon, que estava atuando como volante e promoveu a entrada do centroavante André Lima.

O volante Uillian Correia fez falta em Ìtalo aos 26 minutos e recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Porém, o Bragantino também perdeu um jogador. Ítalo, que cometeu falta em André Lima, recebeu o vermelho direto.

As duas equipes criaram algumas chances, mas o placar permaneceu 1 a 0 para o Bragantino. 

FICHA TÉCNICA  
Bragantino x Vitória  
Copa do Brasil – 3ª fase  
Local: Estádio Nabi Abi Chedi, em Bragança Paulista (SP)  
Data: 28/02/2018 (quarta-feira)  
Horário: 19h30  
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)  
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Cartões amarelos: Yago, Neilton e Uillian Correia, André Lima e Lucas (Vitória); Gerley (Bragantino) 
Cartões vermelhos: Uillian Correia  e Yago (Vitória) Gol: Matheus Peixoto (Bragantino) 

Bragantino: Alex Alves, Ewerton, Guilherme Mattis, Lázaro e Fabiano; Adenilson, William Schuster e Danilo Bueno; Gerley (Bruno Sávio), Anderson Ligeiro (Italo) e Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga. 

Vitória: Fernando Miguel, Lucas, Kanu, Bruno Bispo e Pedro Botelho (Jonatas Belusso); Uillian Correia, Ramon (André Lima), Yago e Bryan; Neilton e Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

Por Glauber Guerra / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.