CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 22 de maio de 2018

Caminhoneiros voltam a fechar rodovias baianas em protesto contra aumento no valor do diesel

Categoria já havia fechado vias estaduais e federais na segunda-feira (21). Nesta terça, manifestações ocorrem na Via Parafuso e BR-101 e BR-116.
Caminhoneiros voltaram a fechar a BA-535, conhecida como Via Parafuso, nesta terça-feira (22), em protesto contra o aumento do preço do diesel. A rodovia já tinha sido interditada na segunda-feira (21), juntamente com outras rodovias estaduais e federais, em protesto nacional da categoria.

Os caminhoneiros usam veículos para fazer bloqueios na Via Parafuso. Inicialmente, eles fecharam os dois sentidos da rodovia, mas depois resolveram liberar uma faixa de cada lado, tanto para quem vai para Camaçari quanto para quem segue para Salvador.

Caminhoneiros também protestam no acostamento da BR-101, próximo a Alagoinhas.

Há registros de protestos de caminhoneiros também na BR-116, na altura das cidades de Vitória da Conquista, Itatim, e Poções, todas no sudoeste da Bahia. Segundo a Via Bahia, concessionária que administra a via, os protestos não afetam o trânsito, pois os manifestantes só param carretas e caminhões que não estejam transportando cargas vivas. Os veículos ficam parados fora da via.

Na última segunda-feira (21), o trânsito ficou bloqueado de 1h até por volta das 13h, na BR-324, uma das mais importantes da Bahia, na altura da cidade de Amélia Rodrigues, a cerca de 90 km de Salvador. Os caminhoneiros queimaram pneus para fazer o bloqueio.

Fonte: G1/TV Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.