CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Sob pressão, Bahia estreia na Copa Sul-Americana contra o Nacional-PAR

Em uma fase de contestação depois de ser eliminado da Copa do Brasil e perder o clássico Ba-Vi, o Bahia estreia nesta quarta-feira (12), às 21h30, para enfrentar o Nacional do Paraguai no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana. A missão do Tricolor é afastar o mau momento e fazer um bom resultado.
A competição internacional não traz boas lembranças para o Esquadrão de Aço. Em 2019, a equipe acabou eliminada pelo Liverpool do Uruguai na primeira fase. Dessa vez, a expectativa é de ir longe. De acordo com Élber, o Tricolor não vai cair na primeira fase. 

"Não vamos ser eliminados de novo. Isso tenho total certeza. O que de ruim aconteceu, não tem nada para piorar. A eliminação na Copa do Brasil. Derrota no clássico. Mais uma eliminação, tenho certeza que todo o grupo vai entrar focado e determinado para não deixar o ano terminar tão cedo. A gente vai tentar ir o mais longe possível na competição, sempre buscando o máximo, que é o título", indicou.

O momento ruim do Bahia tem passado pelo goleiro Douglas. Herói para o Esquadrão nas oitavas da Sul-Americana de 2018, o camisa 1 falhou nas partidas contra o River do Piauí e Vitória.

"Individualmente é um momento difícil e eu entendo a vaia da torcida. Pelo resultado e pelo meu desempenho. A torcida sabe de meu potencial e do que tenho feito. São vaias de pessoas que gostam de mim e eu amo essa torcida. Essa partida não me define. Não tem nada de errado comigo e faz parte, passei muitos momentos difíceis na minha vida. Com trabalho, fé, amor e respeito à camisa, vamos dar alegrias nesse ano", disse o arqueiro.

Sem novos desfalques por suspensão ou lesão, o técnico Roger Machado só não terá o volante Elton e o meia Marco Antônio, que estão em recuperação.

NACIONAL 
O Tricolor do Paraguai, que já ganhou nove vezes o título nacional, só tem uma campanha de destaque em termos continentais. Em 2014, a equipe foi finalista da Libertadores e acabou derrotada pelo San Lorenzo. 

Treinado por Roberto Torres, o time conta com o atacante Guillermo Beltrán, ex-Vitória, como referência ofensiva. Outro nome conhecido do torcedor brasileiro é o de Cristián Riveros, que já passou pelo Grêmio em 2013. 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Nacional-PAR
Copa Sul-Americana- 1ª fase (jogo de ida)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 12/02/2020 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Auxiliares: Claudio Rios e Alejandro Molina (ambos do CHI)

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Rossi; Clayson, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Nacional-PAR: Juan Espínola; Juan Franco, Ricardo Garay, Luís Cabral e Farid Díaz; Franco Costa, Cristián Riveros e Edgar Zaracho; Julián Benítez; Leonardo Villagra e Guillermo Beltrán. Técnico: Roberto Torres.

Por Ulisses Gama / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.