CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Bolsonaro queria alguém com quem tivesse mais 'afinidade' na PF, depõe Valeixo

Durante seu depoimento à Polícia Federal (PF) na manhã desta segunda-feira (11), o delegado Maurício Valeixo relatou o que ouviu do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) antes de deixar o comando da corporação. Segundo Valeixo, Bolsonaro lhe disse que não tinha nada "contra a sua pessoa", mas queria um diretor-geral com quem tivesse mais "afinidade".
A oitiva do delegado teve início por volta das 10h10 e até o momento não terminou, mas essa informação foi obtida pelo blog de Fausto Macedo, no jornal O Estado de S. Paulo.

Valeixo depõe na condição de testemunha do inquérito que apura as acusações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, contra o presidente da República. Ao se demitir, logo após a exoneração de Valeixo, Moro disse que Bolsonaro o estava pressionando para trocar o comando da PF para interferir politicamente (saiba mais aqui).

Depois disso, o presidente nomeou Alexandre Ramagem, presidente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e amigo de sua família, para o cargo, mas a nomeação foi suspensa pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Atualmente, o posto é ocupado pelo delegado Rolando de Souza.

Além de Valeixo, nesta segunda também devem depor Ramagem e Ricardo Saadi, ex-superintendente da PF no Rio de Janeiro. De acordo com as declarações de Moro, o comando da PF no estado também era de interesse do presidente.

Do Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.