CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Bandidos assaltam, ameaçam e agridem passageiros em ônibus que seguia para Jaguara

Passageiros, o motorista e o cobrador de um ônibus que seguia do centro de Feira de Santana para o distrito de Jaguara foram assaltados, por volta das 13h de ontem dia 24 de setembro, em uma estrada vicinal. 

Cerca de quatro criminosos, que estavam em um veículo Corsa Sedan do cor prata, subiram no ônibus e aterrorizaram as vítimas, fazendo ameaças de morte e agredindo-as enquanto roubavam seus pertences.

O motorista e o cobrador foram ao Complexo de Delegacias, no bairro Sobradinho, na manhã desta sexta-feira (25) e contaram ao Acorda Cidade como foi a ação dos bandidos.

“Peguei a Estrada do Feijão sentido Jaguara e quando olhei pelo retrovisor eu vi um carro atrás do ônibus e adiantei já na estrada de chão. Mas a estrada está ruim e não tem como andar rápido. Parei para deixar um passageiro, e eles passaram por mim. Quando eu vi já estavam os quatro meliantes com a arma em punho. Atiraram do meu lado, passou raspando na minha perna e entraram para dentro do carro e foi aquele terror. Peguei os passageiros em Feira, por volta de 13h da tarde de ontem. Eles diziam que iam nos matar, bateram em duas pessoas, havia vários idosos dentro do carro. Eles levaram celular, compras, caixa de cerveja, encheram o porta-malas. Eles ficaram falando o tempo todo que queriam matar, que estavam com vontade de matar. Pediram dinheiro e eu dei”, relatou o motorista.

O cobrador foi uma das pessoas agredidas pelos marginais.

“Eles me bateram, chutaram minha cabeça, minhas costas, falaram que iriam me matar. Estavam drogados, tudo fora de si. Pediram o celular, eu dei o celular, quando eu entreguei eles chutaram minha cara. Entreguei tudo, dinheiro, celular, e mesmo assim eles batiam. Dei cerca de 200 reais. Eles bateram em uma senhora também. Estavam tudo de cara limpa”, disse o cobrador ao Acorda Cidade.

O motorista informou que há cerca de um ano não tem policiamento no local e que às vezes passa uma viatura de outro distrito.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.