Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Polícia encontra arma usada para matar grávida em Serrinha; acusado aguarda transferência para presídio

A Polícia Civil de Serrinha encontrou na tarde desta terça-feira, 19, a arma que pode ter sido usada para matar a jovem Daiane Reis Mota, gravida de nove meses. O revólver calibre 38, cromado, com capacidade para seis tiros, foi encontrado com cinco munições intactas, dentro de um imóvel localizado no Centro da cidade. Inicialmente, Adílson alegou ter dispensado a arma num matagal.
O delegado Hildebrando Alves da Silva, coordenador regional em exercício, na 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Serrinha), informou que a arma foi encaminhada para exame de perícia. Para a polícia, praticamente "não há dúvidas" de que a arma encontrada seja a mesma usada no crime. A polícia não informou se o cartucho que foi usado no crime ainda estava dentro da arma.

Adílson Prado Lima Júnior, de 25 anos, foi preso em flagrante, no domingo (17), pelo feminicídio da companheira, encontrada morta na localidade de Barra do Vento, na zona rural de Serrinha. Ele chegou a procurar a Delegacia Territorial (DT) para denunciar o desaparecimento da mulher, mas acabou caindo em contradições durante o depoimento. Durante as investigações, a polícia apurou que Daiane saiu de casa pela última vez com o companheiro, utilizando um veículo pertencente ao pai dela.

Imagens de câmeras de segurança colhidas pela polícia revelaram que o veículo utilizado pelo casal passou pela estrada que dá acesso ao local onde o corpo de Daiane foi localizado, posteriormente. Diante das informações apresentadas pela polícia, Adílson acabou confessando o crime. A carteira e o celular da vítima foram encontrados sobre um armário na casa do casal. “Ele disse ter escondido os pertences da vítima em casa para dificultar a localização e identificação do seu corpo”, esclareceu o delegado.

Autuado em flagrante por feminicídio, ele aguarda transferência para o presídio de Serrinha ou Feira de Santana. Adilson já teve a prisão preventiva decretada, mas a Polícia Civil ainda não sabe quando ele será encaminhado para o sistema prisional. Por enquanto, ele está na carceragem da Coorpin/Serrinha ocupando uma cela com outros cinco presos. (Fotos: Reny Maia / Portal Cleriston Silva)
Revólver com capacidade para seis tiros foi encontrado dentro de um imóvel localizado no Centro da cidade

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.