CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Serrinha: Homem que matou grávida por ciúmes pode pegar até 30 anos de prisão

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) emitiu um parecer ratificando a representação da prisão preventiva de Adilson Prado Lima Júnior, acusado de assassinar a jovem grávida Daiane Reis em Serrinha no fim de semana. Por meio da promotora de Justiça Núbia Rolim dos Santos, Adilson foi representado por homicídio qualificado e pode pegar pena máxima de até 30 anos de prisão.
Segundo a advogada criminalista Adriana Machado, o caso pode ir a júri popular e dificilmente o réu pegará pena máxima. Isso porque Adilson pode ser julgado como réu primário e ainda pode alegar que estava fora de si por ciúmes ou uso de alguma substância química.

A promotora do caso declarou que “a continuação da prisão faz-se necessária a fim de garantir a ordem pública diante da gravidade concreta do delito, evidenciada pelo modo empregado pelo acusado na prática criminosa, que utilizou de dissimulação para levar sua companheira, grávida de oito meses, para um local ermo, onde executou o crime, circunstância que revela a periculosidade social do recorrente”, afirmou a promotora ao justificar a representação.

Ela fundamentou também que “a vítima era uma mulher jovem, grávida de oito meses, com previsão de ter seu parto realizado no dia 18 (segunda-feira) e, por ação do representado, teve sua vida drasticamente interrompida, quando exatamente daria ‘luz’ à uma menina. Foram duas vidas perdidas”, concluiu a promotora.

Redação Portal Cleriston Silva PCS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.