Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

terça-feira, 30 de maio de 2017

Identificados jovens mortos a tiros em Feira de Santana

Foram identificados na tarde desta segunda – feira, 29, os corpos dos dois jovens que foram mortos na noite de domingo no Bairro Mangabeira, em Feira de Santana.  
Departamento de Policia Técnica – DPT de Feira de Santana - Foto: Raimundo Mascarenhas
Segundo informações, eles estavam na rua B, quando foram baleados por desconhecidos. Um morreu no local e o outro ainda foi socorrido para o HGCA, mas não resistiu.

Ariesvaldo completaria 18 anos dia 12/06. Residia no
Conjunto Habitacional Mário da Caixa
O Calila Noticias esteve no Departamento de Polícia Técnica – DPT e encontrou com as mães da vítimas que reconheceram como sendo Ariesvaldo Lima dos Santos, que faria 18 anos no próximo dia 12, morador do Conjunto Habitacional Mário da Caixa, em Coité, e Breno Almeida Silva,16, morador do Povoado Boa Vista, também no Município de Conceição do Coité.  

De acordo com Maria da Conceição, mãe de Ariesvaldo o filho saiu de casa há 12 dias dizendo que iria para Feira de Santana morar com uma mulher e ela pediu que não, mas ele afirmou que estava decidido a conviver com uma companheira e viajou, “inclusive me pediu meu celular pra levar, já que ele não tinha e eu dei pra ele. Sem aparelho um vizinho quem me avisou chegou em casa por volta das 04h30 da madrugada e me mostrou um áudio de uma pessoa avisando a morte dele”, contou a mãe.  

Maria admitiu que o filho tinha envolvimento com droga, porém, afirmou que ele tinha se afastado.  

Breno teria vindo da região de Irecê para se encontrar com
Ari na micareta de Feira | Foto;arquivo da família
O CN conversou também com a mãe de Breno, Livia Avelino de Almeida, segundo ela, o filho tinha saído para trabalhar em motor de sisal na região de Irecê, mas tomou conhecimento que tinha vindo para Feira de Santana para se encontrar com Ari, depois da micareta iria passar em Coité e retornar para o sertão.

Livia também admitiu que o filho tinha envolvimento com droga. ”Tanto que pedi, mas não dão importância ao que a gente fala”, lamentou a mãe do jovem que também foi avisada por amigos no inicio da manhã.  

Ambas estavam aguardando a liberação dos corpos e não sabem detalhes do crime.  

Redação CN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.