CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Polícia registra 3 homicídios na quarta-feira (5) em Feira de Santana

Três pessoas foram assassinadas em Feira de Santana na quarta-feira (5). Os crimes ocorreram nos bairros Três Riachos, Papagaio e Santo Antônio dos Prazeres. 
O primeiro crime foi registrado no bairro Três Riachos, quando um corpo foi encontrado em um matagal próximo a um riacho na BR-116 Sul. A vítima era travesti, estava trajando roupão e short azul e apresentava sinais de estrangulamento. A delegada Fernanda Gabriela juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizaram o levantamento cadavérico por volta das 16h30.  

Papagaio
Luís Inácio de Souza Oliveira, conhecido como Lulinha, de 25 anos, foi assassinado por volta das 16h, na Rua Afrânio Peixoto, no bairro Papagaio. Ele foi assassinado com tiros no pescoço e braço direito. 

Santo Antônio dos Prazeres 
Por volta das 21h, Carlos de Oliveira Ramos 23 anos, foi assassinado a tiros na Rua Laranjeira próximo ao antigo módulo da Polícia Militar no bairro Santo Antônio dos Prazeres. Segundo a polícia, ele foi alvejado com cerca de 14 tiros no ombro, axila, braços e abdômen. Carlos de Oliveira Ramos morava na Rua Cruzeiro do Oeste, mesmo bairro onde foi morto. 

Os corpos foram encaminhados para o DPT para sempre necropsiados. As autorias e os motivos dos assassinatos serão investigados pela Delegacia de Homicídios. 

Neste mês, 10 homicídios já foram registrados em Feira de Santana, 238 no ano. 

Do repórter Aldo Matos | Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.