Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quinta-feira, 23 de março de 2017

Ichu: Vereador Arraia diz que Projeto das 40 Casas que está paralisado não será concluído tão cedo.

Ele sugere que beneficiários invadam as residências  
Por ter sido cobrado por colegas da Câmara na sessão da última terça-feira, 21, de que não fiscalizava na gestão passada, o vereador Edvaldo Apolônio "Arraia" voltou a afirmar o que havia dito na referida Sessão de que o Projeto das 40 casas populares iniciado na gestão do ex-prefeito George e que até o presente momento não foi concluído não será terminado tão cedo. 

Segundo ele, desde 2014 que vem buscando informações sobre esse projeto do Programa Minha Casa, Minha Vida -Oferta Pública para municípios com população até 50.000 habitantes e que Ichu foi  beneficiado, mas que acabou paralisado.
Vereador Arraia e Vereadora visitando a obra em 2014
Ele destaca que essa obra é através do Banco Paulista com recursos do Ministério das Cidades, e que nunca se cansou de buscar informações dos motivos da paralisação da obra, e que essa semana buscou mais detalhes e recebeu da SEDUR (Órgão do Governo do Estado da Bahia)  cópia da Portaria 340 de 20 de Junho de 2014 emitida pelo Ministério das Cidades que definia novos prazos para a conclusão e entrega das obras das unidades habitacionais contratadas por Instituições Financeiras (IF) e Agentes Financeiros (AF) habilitados no processo de Oferta Pública de Recursos regulamentado pela Portaria Interministerial MCIDADES/MFAZENDA/MPOG nº 152, de 09 de abril de 2012 no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida - Oferta Pública para municípios com população até 50.000 habitantes.  
Vereador Arraia e Vereadora visitando a obra em 2014
Arraia enfatiza que a culpa da paralisação da obra não é do ex-prefeito George, nem do atual prefeito, e sim do Governo Federal que não tem liberado os recursos para que as casas sejam concluídas. Como já estão cobertas, já tem portas janelas e outras benfeitorias, ele sugere que os beneficiários invadam as residências, pois não há prazo para término das mesmas.  

Redação do AL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.