CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR RÁDIO INDEPENDENTE FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Polícia elucida assassinato de comerciante em São Gonçalo

A Polícia Civil elucidou o assassinato do comerciante Joel Costa Campos, de 58 anos, ocorrido no último domingo, dia 5 de agosto, no povoado Mercês, em São Gonçalo dos Campos.

Três acusados de envolvimento no crime foram detidos, na manhã desta quinta-feira (9). São eles: Luiz Paulo Freitas Marques dos Santos, de 28 anos, João Vítor Marques dos Santos, de 21 anos, e Roque Pinheiro Júnior, de 24 anos. Todos são moradores do distrito de Humildes, em Feira de Santana.

Segundo a delegada Klaudine Passos, que investigou o caso, Luiz Paulo – conhecido como ‘feijão” – foi o autor do tiro que atingiu o comerciante, em frente a um clube social de São Gonçalo.

Durante as investigações, a polícia apurou que o comerciante foi baleado por acaso. Luiz Paulo teria disparado vários tiros para atingir um homem de pré-nome Diego, que teve um desentendimento com a mãe dele. Joel passava pelo local, dirigindo uma pick up Strada, quando foi alvejado.

A delegada informou que a prisão de Luiz Paulo foi feita através de prisão preventiva solicitada à Justiça. Klaudine informou ainda que ele é ex-presidiário e já teve envolvimento em assaltos.

Os investigadores estão aprofundando as investigações para saber qual a participação de Roque e João Vítor no crime. Um deles apontou Luiz Paulo como autor do homicídio, mas o acusado nega o fato.

As informações são de Kleiton Costa e foto do Planeta 1410 - Matéria extraída do blog Central de Polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.