Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

TRANSLATE TO YOUR FAVORITE LANGUAGE - TRADUZA PARA SEU IDIOMA FAVORITO:

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Dois envolvidos em latrocínio de subtenente no Shopping Paralela são presos

Os assaltantes Eduardo Santos de Araújo, o Dudu, de 37 anos, e Marcelo de Moura Fernandes, 34, envolvidos no latrocínio do subtenente da Polícia Militar Fabiano Fortuna e Silva, ocorrido no dia 28 de setembro, no estacionamento do Shopping Paralela, foram apresentados à imprensa, na manhã desta quarta-feira (29), durante coletiva no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
A polícia agora está à procura de Michel da Silva Nascimento, autor do disparo que atingiu o subtenente no ombro, e Luis Eduardo Santos Ribeiro, o “Chapão”, que conduzia o veículo utilizado na ação e anunciou o assalto. Eles estão com as prisões preventivas decretadas pela Justiça.

O delegado Odair Carneiro (DHM), da Força-Tarefa que investiga crimes contra policiais, informou na coletiva que a vítima realizou um saque no valor de R$ 3,9 mil, numa agência bancária, no bairro de Sussuarana, e se dirigiu ao Shopping Paralela para realizar pagamentos, quando foi seguido pelos assaltantes.

No estacionamento do shopping o policial foi abordado pelos criminosos e tentou correr, mas Michel percebeu que ele estava armado e disparou. Ele foi socorrido para o Hospital Roberto Santos, passou por cirurgia, mas não resistiu.

PRISÕES
Marcelo, que já estava sendo procurado pela polícia por roubo e tentativa de latrocínio, foi preso no dia 30 de outubro, no Vale dos Barris, por equipes do DHPP, e confessou a participação na morte do subtenente Fortuna. Já Eduardo, foi localizado no bairro do IAPI, no dia 23, por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

O criminoso estava a bordo de um Gol, de cor branca, placa PKM 2057, utilizado no assalto. No decorrer da abordagem os policiais verificaram que a placa utilizada no carro não era compatível com o chassis, identificando que se tratava de um veículo roubado e a original era PZK 2117.

Depois da coletiva, conduzida pelo delegado Odair Carneiro (DHM), pelo major PM Barros, comandante da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá), e pelo capitão Cajado, do Batalhão de Choque, Eduardo, mentor do assalto, e Marcelo, foram encaminhados ao sistema prisional. Equipes da Cipe/Litoral Norte e a 6ª Vara Criminal também participaram da ação.

Extraída do Informe Baiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ICHU NOTÍCIAS.

Neste espaço é proibido comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Administradores do ICHU NOTÍCIAS pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.